Início / Meio Ambiente / 1ª Ginkana do Projeto Biodiesel termina com 5 escolas premiadas e mais de 7 mil litros de óleo usado captados

1ª Ginkana do Projeto Biodiesel termina com 5 escolas premiadas e mais de 7 mil litros de óleo usado captados

A 1ª Ginkana Interescolar do Projeto Biodiesel de Osasco, promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, contou com a participação de 15 escolas municipais, estaduais e particulares de Osasco, que captaram mais de 7 mil litros de óleo de cozinha usado. Esse material será agora transformado em biodiesel, deixando de poluir o meio ambiente.

Na manhã desta quarta-feira, 1º de setembro, o secretário de Meio Ambiente, Carlos Marx, entregou para as cinco primeiras colocadas um troféu de reconhecimento pelo trabalho de educação ambiental realizado entre as crianças, jovens e adultos, disseminando a responsabilidade ambiental de cada cidadão por meio do descarte correto do óleo de cozinha usado.

A EMEF General Antonio de Sampaio, do bairro de Quitaúna, ficou em 1º lugar, com 1850 litros de óleo coletado sob a coordenação da professora Úrsula. A sala de aula que mais colaborou com a Ginkana foi a 1ªB do Ensino Fundamental e além, de receber o troféu, pode escolher entre um passeio no Parque Chico Mendes, na Estação de Tratamento de Água de Cotia ou uma sessão de cinema.

O projeto Biodiesel foi criado em 2008 e até o momento já coletou cerca de 85 mil litros de óleo para produção de biodiesel, em mais de 600 postos de coleta. “Esses resíduos eram jogados nos lixos, nas pias, depois caiam no córrego e consequentemente no rio Tietê e o resultado disso é muito danoso ao meio ambiente. Isso mata as vidas que existem nos cursos de água e impermeabiliza as margens dos córregos, entre outros danos ambientais”, explicou, durante a entrega, o secretário Carlos Marx.

Ele ainda fez um apelo. “Com a realização da Ginkana é possível aumentar substancialmente a captação do óleo em Osasco e principalmente fazer com que todos compreendam a importância do projeto, contribuindo com a preservação e recuperação ambiental. Peço para que vocês tornem essas escolas um ponto de coleta permanente”, finalizou.

No próximo semestre será realizada a 2ª Ginkana, inaugurando uma nova fase de conscientização ambiental, na qual os pais dos alunos serão os principais colaboradores e apoiadores da atividade nas escolas. Nesta fase, a equipe irá se reunir com pais e professores para ressaltar a importância da atividade.

Também foram premiados o Colégio Prestes Maia; a EMEF Maestro Domingos Blasco; a E.E Professora Glória Azélia Boneti; e a E.E Professor José Jorge.

Ranking final das escolas que participaram da 1ª Ginkana do Projeto Biodiesel:

1º EMEF Antonio de Sampaio – 1850 litros
2º Colégio Prestes Maia – 1250 litros
3º EMEF Maestro Domingos Blasco – 1050 litros
4º EE Prof Gloria Azedia Bonetti – 950 litros
5º EE Prof José Jorge – 700 litros
6º E.E Jardim Santa Maria III – 500 litros
7º Colegio Padre Anchieta – 350 litros
7º Fundação Bradesco Unidade II – 350 litros
8º EE Prof Armando Gaban – 250 litros
9º EMEF Frei Gaspar – 100 litros}
9º E.E. Professora Alice Velho Teixeira – 100 litros
10º Fundação Bradesco Jardim Conceição – 50 litros
10º EMEF Luciano Felicio Biondo – 50 litros
10º EMEF Benedito Weschenfelder – 50 litros
10º EMEF Elidio Mantovanni – 50 litros

Mais informações sobre a Ginkana podem ser obtidas pelo telefone (11) 3652.9041 ou pelo site www.osasco.sp.gov.br/bio

Além disso, verifique

GCM de Osasco prende cinco homens por crime ambiental

A Guarda Civil Municipal de Osasco (GCM) prendeu cinco homens em flagrante por crime ambiental. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.