Início / Manchetes / 1,2 mil pessoas participam do 3ª seminário do projeto Osasco 50 Anos

1,2 mil pessoas participam do 3ª seminário do projeto Osasco 50 Anos

No aniversário da cidade, elas deram um presente a Osasco: ajudaram a continuar planejando o seu futuro

Um verdadeiro sucesso. Assim pode ser classificado o 3º seminário público do projeto Osasco 50 Anos, realizado durante todo o sábado, dia 19 de fevereiro, no Unifieo.

Realizado pela Secretaria de Governo, com apoio de outras pastas, e tendo como coordenador geral o jornalista Roberto Espinosa, o projeto existe há 4 anos e tem como objetivo unir a administração pública e a administração municipal no planejamento de metas que vão fazer com que, ao chegar a seu cinqüentenário, em 2012, Osasco seja a cidade com que a população sonha.

O evento de sábado, que abriu a programação do dia de aniversário da cidade, contou com 1203 pessoas inscritas, que também deram seu presente a Osasco, ajudando a continuar planejando o seu futuro. Elas participaram de debates envolvendo os 9 eixos temáticos do projeto, revisando e atualizando suas metas não só para 2012, mas ainda para mais longo prazo, e que serão reunidas na 3ª edição do livro “O futuro da cidade é planejar a cidade do futuro”, que reúne todas as diretrizes do Osasco 50 Anos.

O seminário foi aberto com um café da manhã, seguido pela exibição de um vídeo, elaborado pelo Departamento de Comunicação Social da Prefeitura, retratando os principais avanços de Osasco nos últimos 6 anos. Após a composição da mesa, o secretário de Governo, Jorge Lapas, abriu as falas do dia destacando que o aniversário de 49 anos de emancipação político-administrativa de Osasco não poderia ter começado de forma mais adequada. “Não há presente melhor para a cidade do que ver todos reunidos aqui, pensando em seu futuro”, disse.

Ele também falou sobre o resultado final do trabalho. “Osasco vai ter um manual de planejamento urbano legitimado pela sociedade e que qualquer um que vier a administrar a cidade vai ter que respeitar. É um trabalho para as gerações futuras”, completou.

Já o coordenador do projeto afirmou que Osasco faz um esforço inédito de planejamento. “Outras cidades também se preocupam com o planejamento, mas só técnico. Aqui, ele também é político e social, realizado em conjunto com a sociedade. Esse é o nosso diferencial e tem servido de referência para outras prefeituras”, explicou.

Também presente ao evento, o superintendente executivo do Banco Bradesco, Antranik Haroutiounian, classificou o seminário como um importante instrumento de inclusão social e digital e anunciou mais uma parceria da instituição financeira com Osasco e sua população. “Já mantemos em Osasco nossa sede; o Bradesco Esporte e Educação; e ainda a Fundação Bradesco, que atende alunos da cidade. Agora, estamos doando à prefeitura, para uso em todas as escolas municipais, do mouse visual Bradesco, que vai atender pessoas com deficiências nos membros superiores e funciona com o movimento dos olhos e da boca”, anunciou.

O prefeito Emidio de Souza, por sua vez, iniciou seu discurso pedindo uma salva de palmas para Osasco. Em seguida, falou sobre o projeto. “Quando lançamos o Osasco 50 Anos, em 2007, não esperávamos que ele pudesse alcançar tanto sucesso. Mas ele superou qualquer expectativa, provando que, quando uma administração se abre ao diálogo, a população não só participa, como tem muito a dizer”.

Outra surpresa, segundo ele, é a responsabilidade com que todos os segmentos sociais vem participando do projeto. “Todos os participantes tiveram a preocupação de propor metas factíveis”, completou, lembrando ainda que não existe história de sucesso sem planejamento.

O prefeito lembrou ainda que Osasco chegou aos 49 anos somando avanços em todos os setores, incluindo desde a conquista da Universidade Federal, que começa a funcionar no próximo dia 14 de março, até a graduação, realizada na noite anterior, de empreendimentos de economia solidária, que transformaram antigos beneficiários do Bolsa Família em micro empreendedores. Outros destaques feitos por ele foi a escolha de Osasco como uma das “cidades olímpicas” do Ministério do Esporte, o que vai garantir investimentos para que o município forme atletas para a disputa das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro; e o avanço da cidade da 24ª colocação em 2005 para a 10ª colocação, em 2010, no ranking nacional do PIB . “Por tudo isso, tenho absoluta certeza de que estamos no caminho certo”, completou.

Após as falas, foram realizados debates para atualização e revisão das metas em cada um de seus eixos temáticos: Cultura, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Urbano e Qualidade Ambiental, Educação, Esporte, Inclusão Social e Cidadania, Reforma e Modernização do Estado, Saúde e Segurança Pública e Políticas de Prevenção à Criminalidade Urbana.

Depois, os mediadores de cada um deles apresentaram um breve relato dos itens aprovados em cada plenária e também anunciaram os novos representantes do corpo técnico da prefeitura e da sociedade civil, de cada eixo, para a Comissão de Acompanhamento do projeto.

O encerramento foi feito com as palavras do coordenador geral do projeto, Roberto Espinosa, que destacou o crescimento de 50% no número de participantes em relação ao seminário anterior, realizado em janeiro de 2010; e ainda do presidente da Ordem dos Emancipadores de Osasco (OEO), José Geraldo Setter; e do vice-prefeito de Osasco, Faisal Cury.

Setter destacou a oportunidade, dada pelo projeto, de se pensar o futuro da cidade democraticamente e lembrou que, agora, Osasco entrou em seu último ano antes do cinqüentenário. Já o vice-prefeito ressaltou que o projeto trabalha para transformar Osasco em uma cidade modelo. “Agradeço a contribuição extraordinária dada por todos vocês”, finalizou.

Também prestigiaram o evento a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Marcia Abreu; o deputado estadual Marcos Martins; os secretários municipais Gelso de Lima (Saúde), Waldyr Ribeiro Filho (Serviços e Obras e Transportes e Mobilidade Urbana), Paulo Fiorilo (Administração), Gilma Rossafá (Assistência e Promoção Social), Dulce Helena Cazzuni (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), Luciano Jurcovich (Cultura), professora Mazé Favarão (Educação); José Amando Mota (Segurança e Controle Urbano); Rubens Bastos (Indústria, Comércio e Abastecimento); Carlos Marx (Meio Ambiente); e Cláudio Chapecó (Esportes); o Ouvidor da prefeitura, José Pedro; o presidente do IPMO, Francisco Cordeiro; o coordenador da Defesa Civil, Delcides Regatieri; o coordenador de Relações Internacionais, Aldo Rocha; a coordenadora de Promoção da Mulher e da Igualdade Racial, Sônia Rainho; a coordenadora do Orçamento Participativo (OP), Nice Abrantes; o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Gilson Menezes, e a diretora de Comunicação Emilia Cordeiro; o secretário de Receita e Rendas de Carapicuíba, Joel Aparecido; o presidente da Câmara Municipal, Aluísio Pinheiro, os vereadores Valmir Prascidelli (líder do prefeito na Câmara), Valdomiro Ventura e Nelson Matias; a professora doutora Ieda Verreschi, diretora do campus Osasco da Unifesp; o professor Ari Macedo, representando o reitor do Unifieo, Dr Cássio Soares Hungria; o presidente da OAB/Osasco, José Paschoal Filho; e o pastor Reinaldo Motta, presidente do Conselho dos Pastores de Osasco, dentre outras autoridades.

Além disso, verifique

Prefeitura de Osasco entrega Bases Comunitárias Móveis

Nesta quarta-feira, 5, às 11 horas, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, entrega para …

um comentário

  1. Arnaldo Cerioni Filho

    Participei do eixo de discussão das melhorias necessárias para a área da Educação nos próximos anos em Osasco e como professor representante da ETEC “Prof. André Bogasian” gostaria de parabenizar a Secretaria Municipal de Educação Prof. Maria José Favarão (Mazé) pela atenção com que discorreu sobre as propostas apresentadas pelos presentes e pela eficiência do sistema em alterar de imediato os textos contemplados com as mudanças que se fizeram necessárias.
    Osasco está de parabéns por esse exemplo de participação da sociedade civil junto ao poder público com vistas à melhoria da qualidade de vida em nossa cidade.
    Prof. Arnaldo Cerioni Filho – Etec “Prof. André Bogasian”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.