Início / Informativos / 32 mil votos definem o novo Conselho Tutelar de Osasco

32 mil votos definem o novo Conselho Tutelar de Osasco

População demonstrou que espera mais dos novos conselheiros eleitos, avalia presidente do CMDCA: “Espero que eles defendam os direitos de nossas crianças e adolescentes”.

Um número expressivo de eleitores atendeu à convocação do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) para a eleição dos Conselhos Tutelares de Osasco ocorrida neste sábado, dia 29, sábado. Nunca antes um processo de escolha não-obrigatório mobilizou tantos osasquenses. Exatos 32.661 votos nominais definiram os 15 novos conselheiros tutelares para o próximo triênio. Como o município possui três Conselhos (Zona Norte, Centro e Zona Sul), os eleitores votaram em até cinco candidatos da sua zona eleitoral. Para garantir o sucesso do evento, o CMDCA contou com uma ajuda extra da ONG Agentes da Cidadania e do know-how da PUC-SP.

“Todo eleitor osasquense maior de 16 anos pôde contribuir de maneira democrática com a escolha de bons conselheiros”, comentou Marcos Miguel, que presidiu a comissão eleitoral. Ele destacou que a consulta popular foi transparente e igualitária para todos os candidatos. “Fico feliz que a população tenha entendido a importância deste momento. Apesar do voto ser facultativo, conseguimos passar a mensagem de que o futuro de nossas crianças é responsabilidade de todos nós”.

O presidente do CMDCA, Antonio Dantas, avaliou que, pelo grande número de votantes, a população osasquense demonstrou que espera mais dos novos conselheiros. “Eu particularmente espero que eles assumam a defesa das nossas crianças e adolescentes que têm seus direitos ameaçados ou violados, seja pelo Estado, seja pela sociedade ou até mesmo em razão de sua conduta”.

A propósito, Dantas frisou que os conselheiros têm suas atribuições definidas pelo artigo 136 do ECA, o Estatuto da Criança e do Adolescente. “O Conselho Tutelar é autônomo e permanente, mas suas decisões devem ser tomadas em colegiado a fim de proteger e assegurar os direitos desse público”. De fato, apesar de não julgar conflitos com a lei, os encaminhamentos que os conselheiros fazem podem determinar o futuro de milhares de crianças e famílias osasquenses.

A posse dos novos conselheiros está agendada para o próximo dia 13, mas o local só será definido quando o prefeito Emidio de Souza voltar da viagem oficial a Europa. “Esta é uma ocasião ímpar na história de Osasco”, reconheceu o prefeito em exercício Faisal Cury, que acompanhou de perto todo processo eleitoral, desde a abertura das urnas às 9 horas até a apuração dos votos concluída na madrugada do domingo. “Parabéns aos novos conselheiros eleitos e esperamos sinceramente que eles cumpram a sua missão em defesa da infância e juventude em nossa cidade”, concluiu.

A cidade de Osasco conta com três Conselhos Tutelares, cada qual composto por cinco conselheiros que atendem de acordo com a sua área de abrangência. O horário de funcionamento dos Conselhos Tutelares é de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, além de oferecer plantão à distância durante a madrugada, fins de semana e feriados. Mais informações pelos telefones 3682-5684, 3682-0174 ou 3699-4092.

CONHEÇA OS NOVOS CONSELHEIROS

Zona Sul (12.615 votos nominais)

Ana Trapp – 816 votos: Casada, dois filhos. Foi conselheira tutelar entre 1999 e 2001. É educadora de 1ª a 4ª séries e participa da Comunidade São Vitor.

Valquiria (Africana) – 729 votos: Psicóloga, atuou com criança em situação de rua entre 1990 a 1995 e, em Moçambique, de 2003 a 2005. Desde 2005 faz parte da Coordenadoria de Gênero e Raça.

Silvana Lombas – 648 votos: Educadora Social, casada, coordena projetos sociais na Igreja Presbiteriana Independente. Voluntária da Associação Camila, coordenou o Projeto Brincando e Aprendendo.

Sandra Batista – 608 votos: Casada, mãe e psicóloga, foi conselheira tutelar entre 1999 e 2001, período em que atuou na implantação dos Conselhos e defendeu políticas públicas para crianças e adolescentes.

Meire – 596 votos: Educadora Social, casada, mãe, participa do Centro Social N. Sra. das Graças. Também é voluntária da Associação Camila, atualmente coordenando o PRO-JOVEM.

Zona Norte (15.664 votos nominais)

Rosana Lameu – 1.242 votos: Militante dos movimentos sociais desde 1982, participa do fórum de Defesa da Criança e do Adolescente. É cabeleireira na Capelinha e atualmente atua na Secretaria de Saúde.

Tânia do Munhoz – 1.116 votos: Ministra da Palavra na Comunidade São José
Operário há 19 anos / ACS Munhoz II, é coordenadora pedagógica da AMDC e participante ativa nos Fóruns de Defesa.

Prof. Luiz Alberto (Luizinho) – 1.076 votos: Casado, 4 filhos, atua na educação de Osasco desde 2004 e desenvolve atividades para formação intelectual e cidadania.

Neusa – 975 votos: Professora, assistente social pós-graduada em Educação em Saúde
Pública, coordena projetos sociais e é conselheira de direitos humanos e movimentos populares por moradia.

Valci (Nino) – 955 votos: Líder comunitário, atua na Pastoral Catequética e é voluntário em atividades sociais com criança, particularmente ministrando palestras sobre álcool e drogas na Fundação CASA.

Centro (4.382 votos nominais)

Mônica Araújo – 464 votos: Conselheira de Esporte, Juventude e Educação, elabora e acompanha projetos como a Escolinha de Futuro, Osasco Recicla e Ciência Hoje. Atuou no Plano e Sistema Municipal da Educação.

Profa. Vanice – 434 votos: Trabalhou 27 anos na Escola Prof. José Maria
Rodrigues Leite, atuando como professora, vice-diretora e diretora. Voluntária na ANOSCAR, atende criança, adolescentes e idosos.

Irto Caprara – 426 votos: Casado, 2 filhas, mora há 30 anos em Osasco. Formado em Administração e Teologia, é atuante na Catedral Santo Antonio, no ECC, EJC, cursos de Noivos e Teologia Pastoral.

Rosi Ribeiro – 412 votos: Casada, mãe de 2 filhos, é ex-catadora de lixo. Foi dirigente do CACA (Centro de Apoio à Criança e Adolescente) entre 2005 e 2007. É artista plástica e coordenadora do Bolsão Cultura.

Isabel Cristina – 335 votos: Divorciada, mãe de 3 Filhos, é pedagoga e atua como professora de Educação Infantil desde 1994 na Prefeitura de Osasco.

Além disso, verifique

Prefeitura de Osasco entrega Bases Comunitárias Móveis

Nesta quarta-feira, 5, às 11 horas, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, entrega para …

2 Comentários

  1. GOSTARIA Q VCS COLOCASEM A CONSELHEIRA ELIZABET,POIS ELA FEZ MUITO POR NOS E NOSSOS FILHOS.AGORA NAO SEI MAIS O Q EU VOU FASER POIS CONFIAVA MUITO NELA .ENTAO PESSO QUE TRAGAM ELA NO ANO DE 2009 POR FAVOR

  2. FAvor atualizar as informações na internet, como exemplo a unidade na Praça do Salgado quye ningúem sabe onde é…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.