Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Início / Cultura e Lazer / Bussocaba Limpo é uma das metas do Osasco 50 Anos

Bussocaba Limpo é uma das metas do Osasco 50 Anos

A Prefeitura de Osasco, por meio da coordenadoria de Combate às Enchentes, promoveu, na manhã de 7 de julho, a primeira reunião técnica com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para desenvolver em parceria o Projeto Bussocaba Limpo, ação que faz parte do plano de despoluição do Rio Tietê e também é uma das metas do Osasco 50 Anos.

O evento ocorreu no Centro de Economia Popular e Solidária e reuniu representantes da Sabesp e das secretarias municipais de Obras e Transportes, Meio Ambiente, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Saúde e do OP (Orçamento Participativo).

O gerente de Divisão de Operação de Esgoto Oeste, o engenheiro Donizete Assis de Oliveira, apresentou por meio de slides os principais pontos do projeto. E abordou alguns dos desafios. “Despoluir o rio não é uma tarefa difícil, mas a manutenção acaba sendo mais complicada, porque depende muito da colaboração dos moradores”, disse. “É preciso fazer uma boa campanha de conscientização”, alertou.

Ele falou ainda que, além de fazer a ligação de todo o esgoto que hoje e despejado no córrego na rede coletora, a despoluição envolve ainda a eliminação de esgotos clandestinos, que hoje estão ligados nas galerias de água fluviais. Outra ação necessária é direcionar tudo para Estação de Tratamento, o que poderá dar nova vida ao córrego. “A despoluição do Bussocaba é de grande interesse da Sabesp. Nosso desejo é que o córrego esteja totalmente despoluído e entregue à cidade como presente nas comemorações de seus 50 anos”, afirmou Donizete.

Já o coordenador de Combate às Enchentes de Osasco, o arquiteto Delcides Regatieri, informou que a prefeitura está disposta a enfrentar o desafio da parceria. “Vamos incluir no projeto os agentes municipais e o OP, que tem um bom programa para envolver a sociedade, além de convidar a Associação Empresarial e Comercial da cidade, assim como as instituições bancárias, e os conglomerados comerciais, para aderirem ao projeto”, explicou. “De nossa parte, começaremos a mapear nossas galerias e os PVs (Pontos de Vistorias)”, completou.

Regatieri entregou aos representantes da Sabesp o livro projeto Osasco 50 anos, que tem em sua diretriz 05, na meta 3, à Qualificação dos Recurso Hídricos, como determinação de despoluir o córrego Bussocaba. “A despoluição também é uma vontade do prefeito Emidio de Souza, expressada na 1ª Conferência Municipal de Saneamento, realizada em outubro do ano passado na cidade”, lembrou Regatieri. “Este é um projeto pioneiro que começa com o Bussocaba e futuramente será estendido para a cidade”, finalizou.

O córrego Bussocaba

Segundo o coordenador de Combate às Enchentes, o córrego Bussocaba é um dos principais e mais importantes do município, pois corta o centro da cidade e sua região empresarial. Possui vários tributários, entre eles o córrego Golf Club, que corta a sede do Bradesco Cidade de Deus. Ele explicou ainda que sua nascente está no Parque Chico Mendes e que, após percorrer quase 6 km e atravessar 18 bairros, deságua no rio Tietê. A área de sua bacia é de 16,6 Km².

Também participaram da reunião, representando a Sabesp, o engenheiro Rubens Alexandre, gerente do Departamento de Planejamento, a engenheira Andréia Jaen Andriani, do Departamento de Engenharia, a engenheira Andréia Regina V. Silva, do Pólo de Manutenção Osasco e Rogério Cristiano, da Divisão de Operação de Esgoto.

Além disso, verifique

Osasco comemora seus 51 anos com uma programação extensa

Osasco chega aos 51 anos de emancipação político-administrativa como a 4ª cidade mais rica do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.