Início / Educação / EMEF Profº João Campestrini de Osasco é a única do Brasil escolhida como “Escola Inovadora” pela Microsoft

EMEF Profº João Campestrini de Osasco é a única do Brasil escolhida como “Escola Inovadora” pela Microsoft

Programa, presente em vários países, incentiva o uso da informática para melhorar a qualidade do ensino e vai usar os projetos da escola de Osasco como exemplo para outras unidades no mundo

Na manhã da última sexta-feira, 23 de setembro, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, acompanhado da secretária de Educação, professora Mazé Favarão, esteve na EMEF Profº João Campestrini para apresentar aos pais dos alunos o Programa Escola Inovadora, desenvolvido pela empresa Microsoft e para o qual a escola foi a única do Brasil selecionada para participar.

Presente em diversos países, o projeto tem como objetivo apoiar políticas públicas que promovam a utilização das tecnologias de informação e comunicação no ensino, ajudando a descobrir as melhores práticas no aprendizado e também a promover uma educação cada vez mais comprometida e de qualidade.

A exposição de programa foi realizada pela orientadora técnica educacional Karen Andrade e pela vice-presidente Roberta Bento, do portal Planeta Educação, parceiro da escola no desenvolvimento de projetos na área de informática. “O programa tem como objetivo mostrar o que vocês fazem aqui na escola para as escolas de todo o país, além de trazer as informações das outras unidades para serem compartilhadas com todos aqui”, explicou Karen aos pais e alunos.

Já Roberta lembrou que as atividades realizadas pela escola, e que garantiram a seleção para o projeto, são desenvolvidas graças às ferramentas oferecidas pela Secretaria Municipal de Educação. “É por vocês e para vocês que a prefeitura oferece todas as atividades que acontecem na escola. Gostaria de dizer para os pais, alunos e educadores que vocês são privilegiados. Nem preciso pedir para você aproveitarem bem, porque só o fato de vocês terem sido selecionados já é a prova disso. Agora o mais importante é que vocês estarão representando não somente o município de Osasco, mas todo o Brasil nesse projeto”, completou Roberta Bento.

Também dentre os critérios para a escolha da Emef de Osasco estão sua capacidade de criar e reproduzir uma transformação na educação, influenciando outras escolas da comunidade, do país e ao redor do mundo. Para isso, ela se junta a outras unidades do mundo em um projeto de incentivo para irem além dos limites das aulas e dos modelos de educação tradicionais.

Também durante o evento, a diretora Cecília Valéria, muito emocionada, falou da alegria em participar da ação. “É uma honra para nossa escola participarmos desse projeto. E só conseguimos isso graças às políticas públicas que ajudam os professores em sua formação e incentivam todos os projetos. É motivo de orgulho e honra poder ser a representante de tudo isso”, disse ela, que agora vai até os Estados Unidos participaram do compartilhamento de experiências, levando os projetos de Osasco e trazendo ações desenvolvidas pelas outras escolas selecionadas.

Para isso, ela participará de diversos encontros, formações (presenciais e a distância) durante o período de 12 meses, incluindo a participação no Fórum de Educação Inovadora, em Washington, nos Estados Unidos. E também irá trabalhar em conjunto com a Microsoft para desenvolver e incorporar soluções tecnológicas que permitam melhorar o desempenho dos estudantes no processo de ensino-aprendizagem.

A inscrição da EMEF João Campestrini foi feita por meio de um questionário minucioso, em inglês, no qual a escola apresentou sua proposta pedagógica, incluindo formação de educadores, trabalho com as lideranças da escola e ainda a participação no programa “A Escola vai para Casa”, que visa aproximar os familiares do ambiente escolar.

Além disso, as atividades desenvolvidas na escola foram apresentadas em um vídeo de 3 minutos, produzido em parceria com a equipe de Informática Educacional da empresa parceira, Planeta Educação.

Para a representante da Microsoft, Adriana Pitengil, é uma honra ter uma escola de Osasco representando o Brasil no projeto. “Também fico muito feliz de todo ano ter uma escola brasileira fazendo parte deste grupo de escola inovadoras”, falou.

Também no evento, a secretária Mazé deixou suas palavras de incentivo e apoio à escola. “Com a ajuda do Planeta Educação, nós nos inscrevemos e fomos a única escola pública do mundo a ser escolhida para esta formação. Para isso, cada um de nós colocou um ‘tijolinho’ nesta construção. Quero, no final desse processo de formação, voltar aqui para saber o que é que a escola avançou. Ano que vem quero ver todos inovando na educação para o mundo inteiro”, disse.

O prefeito Emidio de Souza, por sua vez, falou do orgulho em ver a EMEF João Campestrini ser um exemplo para todas as outras unidades de ensino de Osasco e do Brasil. “Entre as 5.565 cidades do Brasil e milhares de escolas públicas, só uma passou nesse projeto e essa foi a EMEF João Campestrini. Por esse motivo, temos que comemorar, pois esta escola está dando para o Brasil motivo de muito orgulho”, finalizou.

Também estiveram presentes ao evento o secretário Jorge Lapas (Governo) e o vereador Mario Luiz Guide, dentre outras autoridades.

Além disso, verifique

Secretaria de Educação de Osasco saúda servidores para a volta às aulas

Início do ano letivo na rede municipal acontece no dia 6 de fevereiro No mês …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.