Início / Prefeitura / Prefeito / Emidio confirma a permanência de oito secretários e a saída de um

Emidio confirma a permanência de oito secretários e a saída de um

662-ulisses-barbosa-3Quanto aos demais secretários, o prefeito disse que o fato de não terem sido citados não significa necessariamente que serão substituídos. “Isso vai depender das conversas com as forças partidárias que fizeram parte da última campanha e que podem fazer parte do nosso segundo mandato”

Nesta quarta-feira, 17, durante entrevista coletiva em seu gabinete, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza do PT, anunciou as primeiras mudanças em seu secretariado para o segundo mandato, que se inicia em janeiro de 2009. Nesse primeiro anúncio sobre o seu novo secretariado, Emidio confirmou a permanência de oito nomes e apenas uma mudança, provocada pela saída voluntária de Benedito Mariano, secretário de Administração e presidente da Fito. Mariano assumirá o cargo de secretário de Segurança Pública, na cidade de São Bernardo do Campo, na administração do prefeito eleito, Luiz Marinho (PT), que conversou com Emidio solicitando a liberação.

Ao iniciar a entrevista, Emidio de Souza fez questão de frisar que iria anunciar apenas a permanência de oito secretários, uma vez que novas mudanças, como substituição ou mesmo a permanência de outros secretários, vai depender das conversas e compromissos com as forças partidárias que o apoiaram na última campanha e que poderão, ou não, participar do segundo mandato.

Ao iniciar a entrevista, Emidio de Souza fez questão de frisar que iria anunciar apenas a permanência de oito secretários, uma vez que novas mudanças, como substituição ou mesmo a permanência de outros secretários, vai depender das conversas e compromissos com as forças partidárias que o apoiaram na última campanha e que poderão, ou não, participar do segundo mandato.

662-ulisses-barbosa-5“Este ano foi a primeira vez que ocorreu a reeleição de um prefeito em Osasco e isso não significa a continuidade de todos os secretários. A administração pública deve ser dinâmica e a reeleição não significa uma continuação automática. Sendo assim, podemos permanecer com alguns, promover mudanças em outras secretarias, sempre no sentido de buscar novas experiências para o desenvolvimento do município”, disse Emidio, acrescentando que “o não anúncio, hoje, da permanência dos demais secretários, não significa que eles estejam deixando o cargo. Isso ocorre apenas porque ainda não concluímos as conversas com todas as forças partidárias que nos apoiaram”.

Segundo Emidio, a recondução aos cargos de oito secretários, significa que nessas pastas, ele, como prefeito, não precisa de novas experiências. “São quadros que, além de já estarem desde o início deste período administrativo, têm demonstrado muita competência e trazido resultados positivos para a cidade e para o povo de Osasco”.

Segundo Emidio, a recondução aos cargos de oito secretários, significa que nessas pastas, ele, como prefeito, não precisa de novas experiências. “São quadros que, além de já estarem desde o início deste período administrativo, têm demonstrado muita competência e trazido resultados positivos para a cidade e para o povo de Osasco”.

Os oitos que permanecem

Após destacar essas qualidades e enfatizar o que cada um fez em suas secretarias, o prefeito Emidio anunciou os oito secretários que vão permanecer em seus cargos. São os seguintes:

Renato Afonso Gonçalves (Assuntos Jurídicos); Dulce Helena Cazzuni (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão); Professora Mazé Favarão (Educação); Estanislau Dobbeck (Finanças); Jorge Lapas (Governo); Waldyr Ribeiro Filho (Obras e Transportes); Sérgio Gonçalves (Habitação e Desenvolvimento Urbano); e Gelso de Lima (Saúde).

Emidio afirmou também que, mesmo não havendo unanimidade sobre todos os nomes, o que é normal, ele está satisfeito com o trabalho desempenhado por esses secretários. “São profissionais competentes e dedicados e que muito contribuíram para os avanços que conseguimos até aqui, como na área da Saúde, do Trabalho e Inclusão, na Educação e na Habitação. Além disso, são secretários que já estão desenvolvendo importantes projetos, que visam trazer mais recursos e desenvolvimentos para as suas secretarias”.

Em seguida, Emidio respondeu a diversas perguntas dos jornalistas, falando sobre fusão e criação de novas secretarias, subprefeituras, urbanização de favelas e até sobre a indicação do seu nome como futuro candidato ao governo de São Paulo. Sobre a fusão ou criação de novas secretarias, Emidio disse que depende da conclusão de um estudo que está sendo feito pelo IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal), que vai nortear a Prefeitura nesse sentido. “Não descartamos nenhuma hipótese, mas tudo vai depender desse estudo”, respondeu o prefeito, ao ser indagado sobre a possibilidade de recriar a Secretaria Municipal de Comunicação Social.

Emidio informou ainda que no segundo mandato continuará com as políticas sociais, com os programas e convênios que a Prefeitura mantém com o Governo Federal e, principalmente, com o programa de urbanização de favelas. Sobre a implantação de subprefeituras, Emidio afirmou: “Esse é um assunto que faz parte do nosso programa de governo. Iremos instalar duas subprefeituras, uma na zona Norte e outra na zona Sul. Elas não substituirão as Regionais. O objetivo é descentralizar os serviços públicos oferecidos pela Prefeitura”, enfatizou o prefeito.

Com relação ao seu futuro político, Emidio disse: “Meu foco atual é trabalhar no sentido de poder fazer um bom segundo mandato como prefeito de Osasco. É claro que fico feliz ao ver o meu nome ser lembrado como possível candidato ao Governo do Estado. Mas, isso é um assunto a ser decidido pela direção do partido e no momento certo”.

Além disso, verifique

Prefeito faz apresentação de seus 100 primeiros dias do governo

Na próxima 4ª feira, 10 de abril, às 18 horas, o prefeito Jorge Lapas realiza …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.