Início / Cidadania / Fundo Social realiza sonho e oficializa união de 391 casais em Osasco

Fundo Social realiza sonho e oficializa união de 391 casais em Osasco

Na cerimônia organizada pela primeira-dama Marcia Abreu os casais receberam bênçãos de representantes das igrejas católica e evangélica e tiveram direito a buquê e alianças, além de festa com bolo e show do grupo Art Popular

O sonho de se casar de “papel passado”, com bênçãos da igreja e ainda direito a festa se tornou realidade para 391 casais de Osasco no último sábado, dia 29 de maio, quando o Fundo Social de Solidariedade promoveu a edição 2010 do Casamento Comunitário.

Ao todo, 391 casais puderam oficializar sua união. De diferentes idades, dos mais variados bairros de Osasco, alguns juntos já há vários anos e com filhos, e outros que iniciariam ali uma vida conjugal, o que todos tinham em comum era o fato de que, apesar da vontade, não possuíam condições de arcar com as despesas financeiras de um casamento.

Mas a cerimônia organizada pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Marcia Abreu, foi muito além. Ela começou logo cedo, no auditório do órgão, que foi transformado em um verdadeiro salão de beleza, no qual cabeleireiros voluntários ajudaram as noivas a darem os últimos retoques no visual, enquanto os noivos retiravam os buquês e as alianças. Também foi servido um café da manhã.

Dali, em ônibus cedidos pela administração municipal, incluindo duas unidades do Fofão (ônibus de dois andares), eles seguiram para o local da cerimônia, o Centro de Eventos Pedro Bortolosso, que foi decorado como um salão de festas, com flores e tapete.

Primeiro, entraram os padrinhos, Marcia Abreu e o prefeito Emidio de Souza, ao som de “As Quatro Estações”, de Vivaldi. Em seguida, foi a vez da entrada dos noivos, com a marcha nupcial ao fundo, tocada por quase uma hora – até que todos os 391 casais passassem pelo tapete – por músicos do Conservatório Musical Villa-Lobos, da Fito (Fundação Instituto Tecnológico de Osasco).

Foi iniciada então a cerimônia civil, com o casal símbolo do evento, Aniceto Veríssimo da Silva, de 73 anos, e Neusa Aparecida Calixto, de 63 anos, subindo ao altar para a oficialização da união pelo tabelião do 1º cartório de Registro Civil de Osasco, Aristeu Miguel Batista, e pela oficial do cartório, Alexandra Leal Musa.

“Hoje é um dia muito especial não só para vocês, mas para todos aqui. Vocês são um exemplo de vida e estão aqui para a confirmação do verdadeiro sentimento dos casais”, disse o tabelião, agradecendo em seguida o prefeito Emidio e a primeira-dama Marcia Abreu pela realização do evento.

Também receberam a certidão de casamento, das mãos de Emidio e Marcia outros casais símbolos do evento: Bruno Miranda e Evelyn Machado, por formarem o casal mais jovem; e ainda as irmãs Erica Cristina da Silva e Ana Paula da Silva, que se casaram com Serinval Martins dos Santos e Luciano José de Almeida Júnior.

Foi iniciada então a cerimônia religiosa. Primeiro, com o ministro da palavra da Igreja Católica, Irto Caprara. “A partir de agora, há uma vida nova para todas as famílias que aqui estão”, disse. Em seguida, foi a vez das palavras do bispo Dejair Silvério. “O importante, em um casamento, é o diálogo. Tudo deve ser resolvido por meio do diálogo”, aconselhou.

Já o bispo Vanderlei Amaral fez a benção das alianças, que em seguida foram trocadas pelos casais. Ele também explicou o simbolismo do ato. “As alianças são feitas de um material muito precioso, que é o ouro. E ele é também resistente o suficiente para resistir às pressões sem se romper. E assim deve ser a união de vocês, resistente e duradoura”, disse.

A primeira-dama Marcia Abreu, por sua vez, destacou que cada detalhe do Casamento Comunitário foi cuidado com carinho pela equipe do Fundo Social. “E tanto eu como o prefeito Emidio temos uma alegria imensa de sermos padrinhos de todos vocês, que estão aqui dando um exemplo de família para seus filhos e vivendo uma felicidade completa”, afirmou.

Em seu pronunciamento, o prefeito Emidio lembrou que aquele era o 6º casamento comunitário consecutivo realizado pelo Fundo Social em sua gestão e afirmou que cerca de 2 mil casais conseguiram oficializar sua união por meio desta ação. “A razão de estarmos aqui é porque queremos que todas as famílias estejam bem. Quando as famílias estão bem, temos a certeza de que todo nosso trabalho valeu a pena”, disse.

Ele também lembrou que a prefeitura está presente em outros momentos da vida dos casais. “Atendemos as gestantes com todo o carinho e cuidado na maternidade Amador Aguiar. E, depois que as crianças crescem, elas tem acesso a creches, escolas municipais com Educação de alto nível e ainda merenda e uniforme de qualidade”, completou.

Em seguida, o prefeito e a primeira-dama sortearam pessoalmente parte dos 40 brindes distribuídos aos noivos pelos patrocinadores da festa, incluindo fogões, geladeiras, dormitórios, estadias em hotel, jantares e passeios em parques.

E os casais ainda ganharam um presente final: festa com bolo e um show com o grupo Art Popular. Animados com a festa, os pagodeiros chegaram até a chamar alguns noivos ao palco, para dançarem seus maiores sucessos.


Sonho realizado

Felizes por terem realizado um sonho, os casais eram só elogios ao Casamento Comunitário de Osasco. “Sempre quis me casar, mas só com ajuda da prefeitura tive essa oportunidade”, disse Maria Lucia Santos Andrade, agora oficialmente esposa de Kleber Batista Andrade, com quem já está junto há 4 anos, morando na Vila Yara.

Para Zulmira de Oliveira Carvalho, de 52 anos, e Benedito Rodrigues de Camargo, de 70 anos, moradores da Vila Yolanda, a espera foi ainda mais longa. “Já estamos juntos há 31 anos, mas se não fosse por esse Casamento Comunitário, ia demorar ainda mais para nos casarmos”, disseram.

Ter um documento oficializando a união foi objetivo do casal Leandro de Souza e Juliana Rodrigues de Souza, também juntos há cinco anos e moradores do Jaguaribe. “Precisávamos resolver nossa situação, pois até para acertamos questões de plano de saúde nos pedem a certidão de casamento. O problema é que não tínhamos condições. E, se não fosse pela prefeitura, acho que só conseguiríamos juntar o dinheiro e fazer o casamento daqui uns 4 ou 5 anos”, explicaram.

Já para Reino Pereira Vicente, de 65 anos, e Genilda Alves de Lima Vicente, de 61 anos, a espera para ouvir do juiz de paz que finalmente eram “marido e mulher” durou 27 anos, tempo que moram juntos no Portal D´Oeste. “Não sabíamos que a prefeitura oferecia esse tipo de serviço. Quando nos contaram, corremos para fazer a inscrição e hoje, finalmente, estamos nos casando”, afirmaram.

Também prestigiaram o evento os secretários municipais Gelso de Lima (Saúde), Jorge Lapas (Governo) e Helena Maria Ferrari (Cultura), a diretora de Comunicação, Emília Cordeiro; o deputado estadual Marcos Martins, o presidente da Câmara Municipal de Osasco, Osvaldo Vergínio, e os vereadores Fumio Miazaki, Mario Luiz Guide, Valdomiro Ventura e Cláudio da Locadora, entre outras autoridades.

O Casamento Comunitário 2010 teve como patrocinadores: Johara Gold (alianças), Natus (maquiagem), Café Pelé (quiosque com café, capuccino e chocolate quente), Makro Atacadista (refrigerantes), Auto Posto Alternativa (Gelo), Porsani Embalagens (copos e guardanapos), Phisalia (cestas com produtos de higiene), Sociedade Bíblica Brasileira (bíblias), Hotel Volare (estadias), Lojas Marabraz (dormitórios), Playcenter (passaportes), Pãozeria (pães de queijo e bolo), Bunge Alimentos (pré-mistura para bolo), Sonho de Valsa (crachás, bombons e fotos com porta-retrato), Minie Confeitaria (caixas de papelão e forminhas para bolo), Frangão (jantares para os casais), The Premium (estaduais), Shopping União (tigelas), Nunes imóveis (brinde em dinheiro), Pães e Doces Imperial (pães de queijo e bolo em pedaço), Wal-Mart (Farinha de Trigo e Ovos), Art´n Gel Confeitaria (ingredientes para bolo), Clube Hortência, Embaixada Nordestina, Espaço Maga, Mantu e Buffet Happy Days.

Além disso, verifique

Jogadores do GEO distribuem macacões para bebês na Maternidade Amador Aguiar

Durante mais de duas horas, Viola e Índio alegraram o ambiente no hospital, conversando e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.