Avenida Presidente João Goulart projeta Osasco para o futuro

Por victa - qua jul 02, 4:53 pm

Via inaugurada no último sábado é também a 1ª da cidade a contar com ciclovia. Inauguração contou com show do cantor Fábio Junior e presença de familiares do ex-presidente

O sistema viário de Osasco ganhou na noite de sábado, 28 de junho, mais uma importante via: a avenida Presidente João Goulart. Uma grande festa foi realizada para comemorar a inauguração da obra que liga as avenidas Hirant Sanazar e Estados Unidos, dando novo acesso ao Jardim Adalgisa e à divisa com São Paulo. As pessoas que prestigiaram o evento foram presenteadas com o show do cantor Fábio Júnior.

A obra foi realizada em parceria entre a Prefeitura de Osasco e as empresas Rodobens e Camargo Correia Desenvolvimento Imobiliário S.A. “A inauguração da obra é um exemplo de sucesso porque representa a união entre o poder público e iniciativa privada. Quem ganha com essa parceria é a comunidade que hoje, pode escolher o melhor caminho”, destacou Antônio Vagner, representante das empresas.

A solenidade contou com a participação de representantes das comunidades de bairros da região beneficiados com a nova avenida. Outros depoimentos também marcados pela emoção traduziram a importância da obra para a população, como o do filho do ex-presidente João Goulart, João Vicente Fontella Goulart acompanhado de sua mãe Maria Thereza Fontella Goulart, e a irmã Denise Fontella Goulart. “Meu pai foi o único presidente constitucional que morreu no exílio. Ele lutou e morreu pela pátria”, disse agradecendo a homenagem.

Presente ao evento o deputado federal João Paulo Cunha salientou que a denominação da avenida foi uma justa homenagem. “Já temos avenidas e ruas com os nomes dos presidentes Emiliano Garrastazu Médici e Castelo Branco, estava mais do que na hora de fazer um tributo ao presidente João Goulart que foi fundamental para a conquista da democracia e pelo direito do povo”.

Para o deputado estadual Marcos Martins, ao denominar a via a Prefeitura de Osasco fez uma resgate da história que muita gente desconhecia. “O presidente João Goulart foi sacrificado em 1964 pela democracia, por isso foi muito feliz a escolha de seu nome para uma obra que vai privilegiar a cidade como um todo”, salientou.

De acordo com o prefeito Emidio, a via será a primeira, em 46 anos de história, a contar com uma ciclovia. “Essa avenida projeta Osasco para o futuro. Sempre que construímos uma avenida como essas, o progresso vem junto. A cidade saiu na frente e já está se planejando para evitar os congestionamentos que tomam o tempo dos cidadãos”, disse. “Além disso, ficamos honrados em homenagear o ex-presidente João Goulart, porque ele nunca se conformou com as injustiças. Não vamos esquecer sua contribuição para a democracia”, disse.

Avenida já traz mais fluidez ao trânsito

A nova avenida João Goulart conta com 760 metros de extensão. A via tem início na Avenida Hirant Sanazar, cruza a Padre Vicente Melilo e se interliga à avenida Estados Unidos, formando um corredor viário até a avenida Manoel da Nóbrega, no bairro do Jardim Adalgisa.

Esse corredor viário já está trazendo mais fluidez ao trânsito da cidade, porque oferece mais uma alternativa de trajeto para os motoristas que seguem para a Capital. Antes da inauguração, os condutores tinham como opção a avenida dos Autonomistas ou a malha viária que cruza os bairros do Novo Osasco, Bussocaba, Jaguaribe e Jardim D´Abril, até o Adalgisa.

Ela ainda conta com duas pistas e três faixas de rolamento cada e canteiro central. O projeto também envolve obras complementares, como a canalização do córrego e recapeamento das vias próximas, incluindo a própria avenida Estados Unidos e as ruas Camélia, Panamericana e Paraguaçu.

Também prestigiaram o evento o deputado federal João Paulo Cunha e o deputado estadual Marcos Martins, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Márcia Abreu, o vice-prefeito Faisal Cury e os secretários municipais Antônio Jardim (Indústria, Comércio e Abastecimento), Carlos Marx (Meio Ambiente), Dulce Helena Cazzuni (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), Gelso de Lima (Saúde), Luciano Jurcovichi (Serviços Municipais), Jorge Lapas (Governo e Chefe de Gabinete), Luiz Antonio Urban (Cultura), Mazé Favarão (Educação), Waldyr Ribeiro Filho (Obras e Transportes), Sergio Gonçalves (Habitação e Desenvolvimento Urbano), Cláudio Sérgio da Silva (Esportes, Recreação e Lazer), Benedito Mariano, secretário de Administração e presidente da FITO; Valdir Roque, presidente da CMTO; os coordenadores Delcides Regatieri (Combate às Enchentes), Joana D’Arc (Gênero de Raça), Roque Aparecido da Silva (Relações Internacionais) e Alenice Abrantes da Silva (Orçamento Participativo), e a diretora de Comunicação, Emília Cordeiro; além do presidente da Câmara de Osasco, Osvaldo Verginio, e dos vereadores Aluísio Pinheiro, José Barbosa Coelho, Mário Luiz Guide, Nelson Matias e Antônio Toniolo; e representantes das

empresas parceiras.

Insira um comentário


+ 4 = 9