Osasco Recicla implanta coleta seletiva na cidade

Por victa - ter mai 20, 5:22 pm

Osasco Recicla implanta coleta seletiva na cidadeProjeto tem a participação de várias secretarias da administração municipal. A expectativa é que esteja implantado em 2 anos, em toda Osasco

Proteção Ambiental, inclusão social e pleno exercício da cidadania. Essas são as bases do programa Osasco Recicla, lançado pela Prefeitura de Osasco, na noite de segunda-feira, 19 de maio, no Teatro Municipal. Trata-se de um projeto que dará início à coleta seletiva dos resíduos sólidos na cidade, de maneira organizada, feita por cooperativas criadas a partir dessa iniciativa.

Para a aprovação do programa, financiado pela FUNASA (Fundação Nacional de Saúde), órgão ligado ao Ministério da Saúde, muitas etapas tiveram que ser cumpridas. Uma vez selecionado, o projeto previa a construção de duas usinas de triagem do material recolhido na cidade, e a construção da usina de reciclagem de entulho da construção civil. Assim, com a efetiva colaboração da Secretaria de Obras, os três galpões começam a funcionar no próximo dia 25. “São espaços equipados com toda a infra-estrutura necessária para a realização do trabalho de separação dos resíduos, picotagem, prensagem e embalagem”, explicou Waldyr Ribeiro Filho, secretário de Obras de Osasco. “Este é um projeto que está sendo escrito por muitas mãos. Só na usina de reciclagem da construção civil, a capacidade é de 50 toneladas de material. Isso significa uma economia de milhares de reais aos cofres públicos, já que o resultado disso será aproveitado na execução de obras que não necessitem de concreto estrutural, como no caso de calçadas, por exemplo”, completou.

Também do projeto nasceram duas cooperativas de catadores, agora totalmente legalizadas, e com estatuto próprio. Aí entra o trabalho da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão, que não pediu esforços para que a Coopermundi e a Coopernatus se firmassem. Atualmente, são 96 pessoas, que, associadas, terão um trabalho dirigido e organizado, aumentando a margem de lucro, onde todos ganham, garantindo inclusão social e geração de renda de forma digna. “Hoje é um dia especial para muita gente. Trabalhamos arduamente, mas chegamos a esse momento com todas as etapas de implantação cumpridas. Não é apenas um projeto de inclusão social. Nossa pretensão é que Osasco se torne referência pela geração de emprego e pela consciência ambiental de seu povo”, disse a secretária Dulce Helena Cazzuni, emocionada.

Mas, para que os catadores tenham sucesso nessa empreitada, a população precisa colaborar tanto com eles, quanto com o meio ambiente. Para tanto, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente também tem um papel importante no programa: o da Educação Ambiental. Além de conscientizar os moradores sobre a importância da preservação dos recursos naturais, as equipes da SEMA explicam como deve ser feita a separação doméstica do lixo orgânico do material reciclável, indicando ainda, pontos de coleta nos bairros. A implantação destes locais de coletas, onde os catadores, devidamente uniformizados, farão a retirada periódica do material, também é resultado do trabalho de Educação Ambiental, já que são postos voluntários oferecidos pela população, além de prédios da prefeitura, como escolas da rede municipal.

A população de Osasco produz, atualmente, 600 toneladas de lixo por dia. Estima-se que 45% desse montante poderia ser reciclado, o que evitaria o depósito desse material nos aterros sanitários. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Carlos Marx, “o projeto traz um ganho ambiental inestimável. Lutamos há muito tempo pela implantação da coleta seletiva na cidade. Hoje Osasco mostra que está conectada com as lutas planetárias”.

Trata-se de uma ação intersecretarial que envolve muitos agentes da administração pública, bem como entidades da sociedade civil. Para Marinete Alves dos Santos, presidente da Coopernatus, uma das cooperativas formadas pelo Osasco Recicla, o projeto é a realização de um sonho. “Esperamos por esse momento com muita ansiedade. Agora, sentimos que fomos valorizados”.

Osasco Recicla implanta coleta seletiva na cidadeAo Teatro repleto de pessoas, o prefeito Emidio de Souza mostrou sua satisfação em lançar um projeto tão importante para Osasco. “Para chegarmos a um momento como esse, primeiro precisamos reciclar nossas mentes, e entender, de uma vez por todas, que o meio ambiente precisa ser respeitado. Despertar a consciência ecológica não é fácil. Não é só o entulho que ocupa espaço nas calçadas. Estou cansado do ver cenas como latas voando das janelas dos carros. Nos córregos, então, são inúmeros os objetos que encontramos. Vão desde tábuas, até sofás e colchões velhos. Fico pensando o que mais precisa acontecer para que as pessoas entendam que a natureza precisa de respeito? Nesse sentido, creio que esse projeto dá uma contribuição muito especial ao meio ambiente. Mas a coleta seletiva vai muito além do recolhimento do material reciclável. Com a inauguração das centrais de triagem, esse material será processado de forma correta”, explicou Emidio.

O prefeito também abordou o caráter inclusivo do Osasco Recicla. “A organização do trabalho dos catadores, que têm todo o meu respeito, trará uma nova vida aos cooperados. Nossa expectativa é que a implantação em toda a cidade esteja completa dentro de 2 anos, tornando Osasco mais limpa, com mais empregos, mais renda e muito melhor para se viver”, completou.

Como ser um cooperado?

De acordo com Claudete Araújo Pereira Michelassi, coordenadora de Educação Ambiental da Prefeitura de Osasco, novas cooperativas deverão se formar em breve, para atender a demanda da cidade. Os interessados deverão procurar a secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão, onde receberão informações sobre cursos de capacitação, medidas jurídicas e palestras sobre a constituição das associações.

Presenças
Acompanharam o lançamento do projeto, no Teatro Municipal, o vice-prefeito de Osasco, Faisal Cury, todos os secretários municipais; as coordenadoras do OP, Nice Abrantes; e de Gênero e Raça, Joana D´Arc; a diretora de Comunicação Social, Emilia Cordeiro; o presidente do IPMO, Marcos Antonio Barbetta; o presidnete da Câmara de Vereadores, Osvaldo Vergínio; os vereadores Nelson Matias, Sonia Rainho, Mário Luiz Guide, Aguimarães de Caldas, Aloísio Pinheiro; Rubens Bastos; os representantes da Funasa, Cid Marcondes; do Banco do Brasil, Giuseppe Eduardo; e da associação Cidadania Brasil, Saulo Marques; além dos presidentes das cooperativas envolvidas no projeto, de lideranças comunitárias, políticas e de associações.

7 Comentários

Comentários 1 - 7 para 7Primeiro« AnteriorAvança »Último
  1. 0

    BOA NOITE! SOU ESCOTEIRO (G.E TOCANTINS 112°- SP) E UM DOS NOSSOS DESENVOLVIMENTOS E APARTE SOCIAL, E ME INTERESSEI MUITO POR ESSE PROJETO E GOSTARIA DE IMPLANTAR ESTE MÉTODO NO MEU BAIRRO! COMO FAÇO?

  2. 0

    Boa noite gostaria de saber como funciona a coleta de lixo reciclável na idade de Osasco.

  3. 0

    Sou moradora da Rua José Cid Stela, é próximo à Prefeitura, porém não tenho conhecimento de quais os dias da coleta seletiva na referida rua. Sei que já existe, mas desconheço sua divulgação. Por gentileza, quero a informação, uma vez que separo o lixo reciclável do lixo úmido, mas fico guardando-o e acumulando-o sem ter destinação correta. Obrigada.

  4. 0

    Bom dia, toda semana acumulo muitos papelões na empresa onde trabalho, gostaria de saber se vcs tem pessoas para estar coletando esses papelões??

  5. 0

    Bom dia !
    Onde fica os postos de coleta de lixo reciclavel em Osasco, proximo a minha residencia.
    Moro proximo a Cidade de Deus.

    Obrigado

  6. 0

    Boa noite!
    Sou moradora do Bairro Jd. Roberto, em Osasco. Gostaria muito de saber se há algum ponto onde eu possa almenos levar o lixo “seco” (como papel e plástico) para ser reciclado.
    Aguardo ansiosamente sua resposta!
    Obrigada.

  7. 0

    Boa noite! Tenho o mesmo problema da maioria das pessoas que quer contribuir para a reciclagem em Osasco: não sei onde depositar o lixo que separo e acumula muito rápido na minha casa. Osasco precisa de mais divulgação. No aguardo, Carol.

Comentários 1 - 7 para 7Primeiro« AnteriorAvança »Último

Insira um comentário


− 4 = 3