Início / Geral / Jornal O Estado de S. Paulo destaca que presidente Dilma Roussef considera Osasco modelo de gestão pública

Jornal O Estado de S. Paulo destaca que presidente Dilma Roussef considera Osasco modelo de gestão pública

O jornal O Estado de S. Paulo trouxe na edição de domingo, 10 de abril, um caderno especial com uma série de reportagens em que ressaltou as principais medidas administrativas tomadas pela presidente da República Dilma Roussef nos 100 primeiros dias de seu governo. Em uma das matérias, “União vê Osasco como modelo para plano antimiséria”, na página H5, o jornal apontou ainda a cidade como um dos municípios modelos no país capaz de propiciar políticas públicas de qualidade e eficiência visando o desenvolvimento na área social, econômica e com o objetivo de expandir a geração de empregos para a população de baixa renda.

A matéria revelou que a presidente foi buscar em Osasco “o modelo para enfrentar a prioridade de seu governo: erradicar a miséria, situação na qual se encontram entre 9,2 milhões e 21,5 milhões de brasileiros, de acordo com os diferentes valores que definem a extrema pobreza em documentos oficiais”, escreveu o jornal.

Segundo o periódico, a experiência de Osasco combina a transferência de renda aos mais pobres e a inclusão produtiva, seja no mercado formal de trabalho, com carteira assinada, seja em projetos de economia solidária ou mesmo como empreendedores autônomos. Isso porque a Prefeitura desenvolve, por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), uma série de programas que visam inserir a população na coletividade, bem como oferecer diversas oportunidades de trabalho.

O jornal trouxe ainda a informação de que em Osasco depois de cinco anos de implementação de políticas públicas consistentes, os resultados foram promissores: “mulheres antes desempregadas, que nunca haviam visto uma máquina de costura, hoje são responsáveis pelos uniformes dos alunos da rede pública; a reciclagem de lixo rende salários de R$ 800 em média a ex-moradores de rua e de favelas; produtos orgânicos são cultivados debaixo dos linhões de energia, antes cheios de entulho, e vendidos em feiras móveis”, revelou O Estado de S. Paulo.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.