Início / Geral / Osasco conquista prêmio de arquitetura por projeto Operação Urbana Consorciada Tietê

Osasco conquista prêmio de arquitetura por projeto Operação Urbana Consorciada Tietê

O Instituto de Arquitetos do Brasil de São Paulo (IAB-SP) premiou, na sexta-feira, dia 10 de dezembro, os melhores projetos de arquitetos, paisagistas e designers realizados em 2008 e 2009. A premiação aconteceu no Museu da Casa Brasileira, localizado na Avenida Brigadeiro Faria Lima, em Pinheiros, na capital paulista. O evento ocorre desde 1968 e contou, neste ano, com seis categorias diferentes: urbanismo, paisagismo, edifício, habitação de interesse social e crítica.

A cidade de Osasco conquistou dois prêmios. Um na categoria Urbanismo, com o projeto “Operação Urbana Consorciada Tietê Osasco”, desenvolvido pelo escritório de arquitetura Vigliecca & Associados, dos autores: Héctor Vigliecca, Luciene Quel, Ronald Werner Fiedler, Caroline Bertoldi, Neli Shimizu, Pedro Ishimaru Bedendo, Kelly Bozzato, Ruben Otero, Thaísa Froes, Fabio Pittas, Adda Ungaretti e Gerônimo Stéfani; e outro na categoria Prêmio Especial Joaquim Guedes, com o projeto de Habitação de Interesse Social na Área dos Portais (Portal Menk e Portal Campo), elaborado pela mesma empresa e autores, acrescidos de Ignácio Errandonea e Pedro Guglielmi neste último trabalho.

Operação Urbana Consorciada Tietê é um projeto desenvolvido pela Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Osasco, que permite a ocupação planejada e ambientalmente protegida de cerca de 50 hectares do território municipal, localizados entre o rio Tietê e a estrada de ferro próximo ao bairro no km 18.

A Operação entrará na 2º fase, ao prever uma série de ações para transformar o Rio Tietê de barreira urbanística em instrumento de desenvolvimento da região central – expandindo o atual centro da cidade, além da construir as novas instalações para a Prefeitura e a Câmara Municipal -, ao promover principalmente sua integração e revitalização com o bairro Bonfim.

O secretário de Habitação de Osasco, Sergio Gonçalves, explicou que o prêmio Joaquim Guedes, destinado a trabalhos na área da habitação social, considera também aspectos de planejamento urbano e paisagismo. O projeto da área dos Portais se destacou por integrar as três dimensões em um projeto de urbanização para uma área de grande fragilidade ambiental e urbana. O projeto inova por conseguir propor variedades de usos, com comércio e áreas de lazer e esporte, além de apresentar tipologias variadas, permitindo atender demandas familiares, e ao mesmo tempo uma solução construtiva, o que facilita a racionalização da obra e reduz os custos.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.