Início / Avisos / Osasco e região recebem R$12,5 milhões para segurança

Osasco e região recebem R$12,5 milhões para segurança

Cidades da região são as únicas, no País, a contar com Gabinete de Gestão Integrada Intermunicipal, com sede em Osasco e que vai gerir os recursos do programa

O Ministério da Justiça disponibilizou, por meio do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), recursos de R$12,5 milhões para as cidades da região Oeste que compõem o Gabinete de Gestão Integrada Intermunicipal (GGII).

A formação dos gabinetes é um dos pré-requisitos para que cada um dos 83 municípios brasileiros que aderiram ao programa recebam as verbas. Mas, em uma iniciativa inédita no País, as prefeituras de Osasco, Jandira, Itapevi, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, Itapecerica da Serra, Vargem Grande Paulista, Embu, Taboão da Serra e Embu Guaçu instalaram o gabinete intermunicipal, que tem em seu comitê diretivo as cidades de Itapevi, Santana de Parnaíba e Osasco, onde também está sediada a Secretaria Executiva.

O Pronasci articula políticas de segurança com ações sociais, priorizando a prevenção sem abrir mão das estratégias de ordenamento social e segurança pública.

Os recursos serão usados no desenvolvimento de projetos que visam prevenção e controle da violência, bem como potencializar esforços e compartilhamento de informações, buscando reduzir os índices de violência e criminalidade. Além do esforço coletivo, cidades como Osasco priorizam a formação permanente dos agentes de segurança e o investimento no aumento do efetivo da guarda municipal.

Na região, os projetos já aprovados estão em fase de implantação e são resultado de um conjunto de ações voltadas para a garantia dos direitos sociais e o compromisso de realizar políticas públicas, nas quais o cidadão sinta-se em segurança no espaço público, e não somente em seu espaço privado, como vem ocorrendo.

Conheça os projetos que estão sendo implantados

Comunicação Integrada entre as Guardas Municipais:

Por meio de um canal direto de comunicação, os procedimentos operacionais das agências de segurança das cidades de Cotia, Embu, Embu Guaçu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista serão unificados, envolvendo 1719 guardas municipais e beneficiando aproximadamente 2 milhões de habitantes. A troca de informações e as estratégias elaboradoras e executadas conjuntamente promoverão uma rede de segurança preventiva municipal

Videomonitoramento:

Com a instalação de câmeras em pontos estratégicos da cidade, a expectativa é diminuir as ações criminosas, bem como proporcionar segurança às pessoas que circulam no espaço público, uma vez que as equipes integradas à Central de Monitoramento poderão ser acionadas em tempo real para atendimento mais eficiente.

A Central de Monitoramento integrará ações com as equipes de trânsito, Samu, Guarda Civil Municipal, Polícias Militar e Civil e Defesa Civil. Os operadores poderão acionar o órgão competente local e de outros municípios para atuação imediata, acompanhamento e fiscalização de pessoas, automóveis e situações de risco

Proteção de Jovens em Território Vulnerável – Protejo

O projeto vai atender jovens, de 15 a 24 anos, em programas de formação e inclusão social, que vivem em territórios previamente mapeados pelos municípios, com alto índice de vulnerabilidade.

O projeto cria alternativas de socialização assentadas nos valores democráticos e nos direitos humanos, em contraposição ao ambiente de exclusão e vulnerabilidade onde o jovem está inserido.

Os jovens, totalizando 2160 na região, receberão uma bolsa auxílio, do governo federal, no valor de R$100.

Além disso, verifique

22,5% da população de São Paulo consomem doces em excesso

Índice está acima da médica nacional, segundo pesquisa do Ministério da Saúde que alerta para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.