Início / Cultura e Lazer / Osasco organiza I Mostra Convivendo com a Diversidade

Osasco organiza I Mostra Convivendo com a Diversidade

Ação convidou cidadãos para debater melhorias e compreender dificuldades de portadores de necessidades especiais

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Assistência e Promoção Social (SAPS), realizou no sábado, 25 de setembro, a I Mostra “Convivendo com a Diversidade”. O evento teve por objetivo primar pela integração entre os indivíduos e promover o direito à cidadania e inclusão das pessoas com deficiência nas políticas sociais e públicas. A Mostra foi realizada no Centro de Atenção à Terceira Idade (CATI), situado à rua da Saudade, 180, no Jardim Bela Vista.

As atividades aconteceram das 8h às 17h, com uma programação de eventos simultâneos e divididos em três frentes: programação artística (apresentações de dança do Grupo Isadora Duncan, tango em cadeira de rodas, coral de Libras, orquestra de violão do CATI, capoterapia, da cantora Fabiana, do quinteto da Pele e de Musicoterapia do Instituto Ana Paula); palestras (Acessibilidade, Funcionamento do Conselho das Pessoas com Deficiência do Município de Osasco, A Lei de Aprendizagem e Inclusão Social, Benefícios Previdenciários, Capoterapia, Mãe Cadeirante, Ações de Inclusão da SAPS, Lei do Cão Guia, Prevenção de Acidentes, Defensoria Pública e Lei de Cotas) e vivências (Equoterapia – método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo nas áreas de saúde, educação e equitação – e físio-aquático, programa de hidroterapia para pessoas portadoras com deficiência).

A abertura da I Mostra teve início com a execução do hino nacional cantado na voz do tenor Aldilei Clemente, presidente do Conselho Municipal da Pessoa Portadora de Deficiência de Osasco (CMAPPD). Em seguida, a secretária de Assistência e Promoção Social de Osasco, Gilma Rossafa, explicou a importância da iniciativa. “Hoje devemos ser uma cidade que possibilita a inclusão para todos. Toda a sociedade, neste evento, é convocada para colaborar. O objetivo é colocarmos como pauta na agenda da cidade ações para pessoas com deficiência. Convidamos muitos gestores para pensarem nessa iniciativa e refletirem. Devemos ter uma consciência cidadã. Precisamos promover a união para que possamos avançar em programas, projetos e serviços que atendem às pessoas com deficiências”, analisou.

“Hoje é um dia para convivermos e trocarmos experiências. Precisamos promover a sinergia, ouvir e saber escutar o próximo. É muito importante. Por isso, destacamos o papel dos conselhos, do Núcleo Regional, entidades e os governos que têm uma importância ampla na definição das políticas públicas para as pessoas com deficiências. São representações da sociedade civil e do governo para implementar melhorias necessárias para as pessoas com deficiência”, reforçou a secretária.

A ação intersecretarial ainda envolveu o apoio das secretarias municipais de Indústria, Comércio e Abastecimento (SICA), Governo, Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), Obras e Transportes (SOT), Saúde e Meio Ambiente.

Márcia Gomes Rocha, de 42 anos, e Antonio Francis, de 57 anos, pais de pessoas com deficiência, aplaudiram a iniciativa e disseram esperar a cada dia um envolvimento maior das pessoas em torno da sensibilização das dificuldades vivenciadas por elas. “Acreditamos que este espaço [I Mostra], criado para o debate e que é propício para fomentar a discussão construtiva de melhorias e avanços para deficientes, estimule mais cidadãos”, declarou Francis. “Apenas queremos que a sociedade compreenda melhor as dificuldades diárias vividas por nossos filhos. Dessa forma, a sociedade pode passar a valorizar mais ainda uns aos outros”, completou Márcia.

A secretária de Educação de Osasco, Mazé Favarão, também prestigiou o evento falando sobre os avanços das políticas públicas de inclusão na área da educação. Para a realização da Mostra, a prefeitura teve a parceria da Associação dos Ostomizados de Osasco e Região (AOOR), da Associação de Surdos de Osasco, do Núcleo Regional da Pessoa com Deficiência, da AACD, da Auto Escola para Deficientes Javarotti, Fundação Bradesco, Defensoria Pública, Fundação Instituto tecnológico de Osasco (FITO), Hípica Santa Terezinha de Equoterapia, Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), Pestallozzi e INSS, dentre outros.

Além disso, verifique

Osasco comemora seus 51 anos com uma programação extensa

Osasco chega aos 51 anos de emancipação político-administrativa como a 4ª cidade mais rica do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.