Início / Parceiros / Prefeito Emidio anuncia início da reforma administrativa durante abertura do ano legislativo na Câmara de Osasco

Prefeito Emidio anuncia início da reforma administrativa durante abertura do ano legislativo na Câmara de Osasco

Dentre as medidas, estão a extinção da Sesm, e a criação das secretarias de Segurança Pública e Controle Urbano e Trânsito, além da nomeação do vereador Rubinho Bastos para a Sica

Na tarde de terça-feira, 1º de fevereiro, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, acompanhado de parte do seu secretariado, fez o pronunciamento de abertura do ano legislativo Câmara Municipal de Osasco, ocasião em que falou sobre melhorias para a cidade, previstas em projetos de lei do Executivo, e apresentou o novo líder do governo na Câmara, o vereador Valmir Prascidelli, além de ter apresentado medidas que marcam o início da reforma administrativa que será realizada ainda este ano.

O presidente da Câmara de Osasco, vereador Aluísio Pinheiro, abriu a sessão e ressaltou o empenho do prefeito Emidio de Souza e a visão desenvolvimentista adotada em sua gestão. Em seguida, o deputado estadual Marcos Martins destacou os esforços da administração em transformar Osasco em uma cidade cada dia melhor.

Já o prefeito Emidio aproveitou o momento para desejar um bom mandato aos vereadores e ressaltar a colaboração da Câmara em projetos que trouxeram muitos avanços a Osasco nos últimos anos. “Quero que todos trabalhem para que nossa cidade caminhe rumo ao crescimento, progresso, inclusão social, desenvolvimento e geração de empregos e oportunidades. Essa Câmara é representante de uma das cidades mais pujantes do Estado de São Paulo e do Brasil”, reforçou”, destacando a honra de estar, pela sétima vez, na tribuna para abrir os trabalhos na Câmara.

O prefeito fez ainda um balanço das principais conquistas recentes da cidade e anunciou novos projetos:

Avanço no PIB de Osasco

“Saltamos, em 2005, da 24ª posição do Produto Interno Bruto no país para 18ª. Em seguida 14ª e depois a 10ª maior economia do Brasil. Por trás da força econômica, temos a geração de emprego e diminuição da pobreza. Temos com isso a melhora na qualidade de vida com o desenvolvimento econômico. Osasco avançou porque adotamos políticas públicas corretas de capacitação de mão-de-obra e porque essa Câmara teve coragem de aprovar o projeto de lei do Executivo, que criou o novo código tributário, que gerou a redução de impostos e trouxe novas empresas”.

Canteiro de obras

“Tudo o que começamos, como: projetos de reurbanização de favelas e planos de combate às enchentes terão prosseguimento. A parceria com o governo federal e a presidente Dilma Roussef vai continuar. Isso é o que há de mais importante. Faremos obras importantes, com recursos do PAC, que já terão início no mês de fevereiro, como a urbanização da área livre do Jardim Veloso. Tivemos ainda aprovados, no PAC II, as urbanizações do Rochdale e do Jardim Santa Rita. Todas serão revitalizadas e pela grandiosidade e magnitude não serão construídas no meu mandato, mas ilustrarão o esforço na transformação e avanço da cidade”.

Canalização do Córrego Rico

“Vamos prosseguir com todas as grandes obras em andamento. Retomamos a canalização do córrego Rico. A obra é financiada com recursos do governo federal e canalizaremos desde a foz, no Jardim Rochdalle, até o terminal de ônibus, no Jardim Helena Maria. Terminaremos completamente a obra”.

Unidades de Saúde

“O PAC II reservou para Osasco nada menos que 7 unidades básicas de saúde novas, que serão construídas a partir de 2011. Há ainda duas outras obras, já em construção, uma no Jardim Helena Maria e outra no Parque Palmares. Teremos três Unidades de Pronto Atendimento (UPA), na Vila Menck, em construção, no Jardim Conceição, uma obra que se inicia no mês de aniversário de Osasco, e a UPA da região central de Osasco, construída para aliviar o Hospital Central. As obras do Pronto Socorro, no Jardim D’Abril, já foram retomadas e estão a todo vapor”.

CEU no Jardim Santo Antonio

“Em meados de abril, entregaremos o segundo CEU no Jardim Santo Antonio, uma obra que marcará época e que transformará uma região inteira, assim como o CEU do Jardim Elvira”.

Osasco 50 Anos e Revitalização do Centro

“Osasco é fruto de um planejamento e dará um salto extraordinário em termos de qualidade de vida com o projeto Osasco 50 Anos. Um dos saltos já neste ano é o chamado novo Centro ou revitalização da área central de Osasco. O projeto Tietê II fará toda a revitalização na área do Bonfim e aproveitará toda a área hoje degradada. No processo de revitalização, estamos construindo também uma nova estação de trem em Osasco, uma parceria da prefeitura com o governo do estado. Cedemos parte da Rua Erasmo Braga para a nova linha, mas fizemos exigências. Uma delas é que a nova estação fosse feita a partir do projeto da prefeitura, com saída para as zonas Sul e Norte de Osasco. A passagem será por modernas escadas rolantes dentro da estação e não mais pelo túnel”.


Duplicação da Rua da Estação e ligação com São Paulo

“Faz parte do projeto de revitalização do centro o término da duplicação da rua da Estação até o Largo de Osasco e da Rua da Estação até a Avenida Hilário Pereira de Souza. Pretendemos entregar a interligação no cinqüentenário de Osasco. Ela sairá do Km 18 e vai até a Vila Yara. Continuam os entendimentos, com a Prefeitura de São Paulo, para remover a favela do Parque Continental e o acesso à cidade vizinha será feita de maneira direta. Essa obra é fundamental para desafogar o trânsito de Osasco. Faz parte também do projeto de revitalização uma reconfiguração do Largo de Osasco, novos abrigos de ônibus, troca do piso do calçadão da Rua Antonio Agu, retirada de poste e passagem de fios subterrâneos na própria Rua Primitiva Vianco”.

Projeto de Lei Cidade Limpa

“Um dos problemas que Osasco enfrenta é a questão visual e sonora. Esse é um problema típico da cidade moderna. Por isso, essa questão foi objeto de estudo amplo da administração transformado em projeto de lei, que a cidade convencionou chamar de Lei Cidade Limpa. Osasco precisa desse instrumento para combater abusos que afetam a qualidade de vida da nossa gente”.

Universidade Federal e FAC-FITO

“Cedemos o prédio da FAC FITO para a Universidade Federal e construímos um novo prédio a 50 metros do antigo. Não desalojamos ninguém. Nos próximos dias, inauguraremos o prédio novo. Fizemos laboratórios e compramos equipamentos novos e os alunos só dependerão da sua capacidade e talento para ingressarem. Para demonstrar que Osasco tem demanda para Universidade Federal em Osasco, nas aulas que começam em março, o curso de Administração de Empresas foi o mais concorrido do país, com 80 inscrições por vaga. Isso mostra que há, em Osasco, lugar para a Universidade Federal, sem tirar lugar da FAC-FITO. Teremos a Federal com cinco cursos, sem deixarmos de olhar para a FAC-FITO com carinho”.

Reforma administrativa

Enviaremos, ainda nessa semana, para a Câmara, o pedido de criação da Secretaria de Trânsito de Osasco, que será fundamental para que a cidade cuide exclusivamente, com toda técnica moderna, dessa questão. A outra medida é a criação da Secretaria de Segurança e Controle Urbano, que será enviada conjuntamente. Isso será feito porque segurança urbana é um problema cada vez maior, assim como controle urbano. Quando falo desse assunto, abordo as normas elencadas principalmente na Lei Cidade Limpa, que fala do controle da poluição sonora e visual, o excesso de outdoors e de calçadas ocupadas irregularmente. O que queremos é que essa secretaria centralize as principais ações de fiscalização da prefeitura.

Com a criação das secretarias, extinguiremos a SESM (Secretaria de Serviços Municipais). O Demutran naturalmente passará para a nova Secretaria de Trânsito. A pasta possui a Defesa Civil, que será concentrada na Secretaria de Segurança e Controle Urbano, e o Serviço Funerário, primeiramente, iremos propor a transferência para a Secretaria de Obras e Transportes, para manutenção mais correta dos cemitérios. Num momento seguinte, irei propor para a Câmara a criação de uma autarquia dos Serviços Funerários”.

Como parte da reforma administrativa, o prefeito anunciou ainda a junção da Defesa Civil com a Cecepar (Coordenadoria Extraordinária de Combate às Enchentes e Prevenção às Áreas de Risco) e que o vereador Rubinho Bastos é o novo secretário de Indústria, Comércio e Abastecimento.

Também prestigiaram o evento o vice-prefeito e presidente da FITO Faisal Cury; a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Marcia Abreu; o deputado Marcos Martins (estadual); os secretários municipais Luciano Jurcovichi (Serviços Municipais), Gelso de Lima (Saúde), Jorge Lapas (Governo), Mazé Favarão (Educação), Paulo Fiorilo (Administração), Renato Afonso Gonçalves (Assuntos Jurídicos) e Waldyr Ribeiro Filho (Obras e Transportes); o presidente da CMTO, Valdir Roque; o coordenador de Combate às Enchentes, Delcides Regatieri; a coordenadora do Orçamento Participativo, Nice Abrantes; o coordenador de Relações Internacionais, Aldo Rocha; a diretora de Comunicação Social, Emilia Cordeiro; o Ouvidor Geral, José Pedro da Silva; o presidente do IPMO, José Amando Motta; os vereadores Aluisio Pinheiro (Presidente da Câmara Municipal), Valmir Prascidelli (líder do prefeito na Câmara), Ana Paula Rossi, Antonio Toniolo, Carlos Gaspar, Cláudio da Locadora, Cuca, Eduardo Martins (o Eduardão), Fábio Yamato, Fumio Miazaki, João Góis, Josias da Juco, Mário Luiz Guide, Rogério Lins, Rubens Bastos, Toninho Enfermeiro e Valdomiro Ventura; dentre outras autoridades.

Além disso, verifique

Auxiliar Administrativo – Elithe RH – Osasco, SP

Atender clientes internos e externos usando as ferramentas (e-mails, telefones, Nextel) Registrar os atendimentos efetuados para as áreas nos bancos de dados...
De Elithe RH - 08 Mar 2013 00:37:07 GMT - Visualizar todas as empregos: Osasco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.