Início / Manchetes / Prefeito Emidio de Souza anuncia que grupo investidor vai assumir patrocínio do vôlei de Osasco

Prefeito Emidio de Souza anuncia que grupo investidor vai assumir patrocínio do vôlei de Osasco

165-leandro-palmeira-2Em entrevista coletiva, ele disse que um grupo de empresas já abraçou a causa do time que perdeu o patrocínio do Finasa. Investidores ainda não foram revelados, pois plano de marketing não está definido. “Vamos manter o mesmo nível de investimento do último patrocinador, para manter o nível de excelência que a equipe já alcançou”, afirmou

Depois de 4 quatro dias muito difíceis para o time de vôlei feminino de Osasco, desde o anúncio do fim da parceria com o Finasa, empresa do grupo Bradesco que patrocinou a equipe nos últimos 13 anos, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, anunciou, em entrevista coletiva realizada no Ginásio de Esportes José Liberatti, que o vôlei feminino vai continuar na cidade, tendo agora como parceiro um grupo de investidores. “Sai a marca Finasa, mas a equipe que já nos deu tantas alegrias continua. Ainda temos um caminho pela frente nas negociações com as atletas, mas antecipamos o anúncio para evitar que o time se desintegre e para afastar a tristeza que ficou presa em nossas gargantas neste último período”, disse. Até o momento da entrevista, o prefeito contava com quatro investidores e a continuidade do técnico de Luizomar de Moura e da levantadora Carol Albuquerque.

165-leandro-palmeira-4“O Luizomar tem autonomia total para retomar as atividades. Assim que comunicamos nossa batalha por novos patrocinadores, ele aceitou de pronto continuar no time de Osasco”, afirmou o prefeito, completando que a equipe também já contava com a permanência de Carol e que as demais jogadoras estavam sendo contatadas.

Emidio demonstrou reconhecimento ao período de parceria com o Finasa e à continuidade dos investimentos da empresa no treinamento das categorias de base. “O Brasil conheceu o time principal, mas Osasco conheceu uma grande experiência em inclusão social com voleibol e basquetebol, que vai continuar atendendo a mais de 2.400 meninas no novo núcleo de treinamento que será entregue no próximo semestre e em demais espaços cedidos pela prefeitura”, explicou.

165-leandro-palmeira-5O prefeito disse que os novos patrocinadores terão a incumbência de manter os mesmos níveis de investimento que praticava o Finasa. “Não se alcança um nível de excelência como o deste time se não houver investimento e queremos manter o mesmo nível, não vamos retroceder em nada. Se for preciso, buscaremos mais patrocínios”, falou. Assim como já acontecia durante o patrocínio do Finasa, a prefeitura participará da parceria oferecendo como contrapartida os ginásios para treinamento e poderá colaborar com recursos financeiros se for necessário.

O técnico do time, por sua vez, disse que saiu em busca de soluções, assim que o patrocínio do Finasa foi retirado. “Não queria que a chama se apagasse e encontrei no prefeito Emidio um parceiro para esta luta. Tenho confiança e respeito pelo prefeito, que conheci nestes três anos de convivência em Osasco, e sei que ele vem fazendo muito não só pelo esporte, mas por toda a cidade”, analisou. Luizomar, que além do comando do time acumula a função de gerente, disse ainda que tem condições de colocar, imediatamente, a equipe para treinar, nas mesmas condições que vinha fazendo antes, pois o antigo patrocinador deixou disponível toda a estrutura para este período de transição. “Se precisarmos treinar amanhã, tenho à minha disposição o que o país tem de melhor em infraestrutura”, disse, referindo-se à estrutura disponibilizada pelo Finasa e também pela Prefeitura de Osasco.

O vôlei é de Osasco – Visivelmente emocionado, Luizomar também falou que a equipe vai se manter grande e pronta para continuar brigando por títulos. “É importante sabermos que quando entramos na quadra estamos defendendo uma cidade. O sentimento de tristeza e impotência dos últimos dias se transformou em um sentimento mais positivo, principalmente depois que o Brasil inteiro se manifestou e mostrou seu apoio e respeito ao vôlei de Osasco. Assim como Franca (município do interior paulista) é reconhecidamente a cidade do basquete, Osasco é a do vôlei”, afirmou.

Ele disse que decidiu permanecer em Osasco assim que o prefeito de Osasco lhe telefonou e revelou que estava lutando pelo time. “Se há possibilidade de Osasco prosseguir, eu sou Osasco”, concluiu.

Quanto à continuidade das demais jogadoras na equipe, Luizomar disse que manteve contato com todas, assim que falou com o prefeito Emidio, e que o grupo “voltou a sorrir e já se animou”. “O objetivo é manter esta base e continuar brigando com grandes equipes, tendo temporadas brilhantes novamente”, disse.

A levantadora Carol Albuquerque também manifestou sua satisfação com a continuidade do Osasco. “Ficamos muito tristes com o final do projeto de 20 anos do Finasa, que era uma referência em vôlei no país. Por isso, agradeço a prefeitura pela solidariedade em defender a nossa equipe”, disse, complementando que terá ainda mais garra no retorno. “Vamos vir fortes, disputar tudo que é título e acredito que vamos conseguir manter a base da nossa equipe (com relação ao contrato com as demais jogadoras); somos muito unidas. Osasco é referência em todo o mundo; quando se fala de vôlei, se fala de Osasco. Quero dizer que estamos vivos e que Osasco está voltando com força total”, afirmou.

Além disso, verifique

Prefeitura de Osasco entrega Bases Comunitárias Móveis

Nesta quarta-feira, 5, às 11 horas, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, entrega para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.