Início / Saúde / Prefeito Emidio de Souza e secretário Gelso de Lima inauguram UTI Pediátrica no Hospital Central de Osasco

Prefeito Emidio de Souza e secretário Gelso de Lima inauguram UTI Pediátrica no Hospital Central de Osasco

Nova unidade cria condições para município realizar cirurgias pediátricas eletivas

Dando sequência à agenda comemorativa dos 49 anos de emancipação político administrativa da cidade de Osasco, o prefeito Emidio de Souza inaugurou, nesta quinta-feira, dia 24 de fevereiro, ao lado do secretário de Saúde Gelso de Lima, a UTI Pediátrica do Hospital Municipal Central Antônio Giglio e a reforma da ala de enfermaria infantil da unidade.

Emidio referiu-se à entrega da obra como um novo passo em cumprimento a seu compromisso de promover as melhorias necessárias ao bom funcionamento do Hospital. “Mudamos tudo neste Hospital, da porta para dentro. Ainda não me preocupei em mudar a fachada porque o mais importante é melhorar o que oferecemos para os pacientes aqui dentro”, disse. No governo Emidio de Souza, o Hospital Central já recebeu melhorias na UTI adulto, no Centro Cirúrgico, no Pronto Socorro e na internação do primeiro andar, adquiriu equipamentos para ampliar o atendimento em cirurgias e recebeu a criação do Laboratório de Análises Clínicas e da unidade de Pronto Atendimento.

Na presença de centenas de pessoas, entre elas membros das equipes médicas e técnicas do hospital, membros do Conselho Municipal da Saúde e do Conselho Gestor da Unidade, além de autoridades do município, como o deputado estadual Marcos Martins, autor da emenda parlamentar por meio da qual a cidade obteve os recursos para a obra da UTI, o prefeito demonstrou reconhecimento à dedicação dos servidores que atuam no Hospital, elogiando o trabalho integrado de equipe que vigora na unidade. “O Gelso é um secretário de Saúde que já tem longa permanência no cargo, devido a sua competência e talento para tocar com as obrigações de sua função e fazer as mudanças que precisamos”, disse.

Com relação à participação do deputado Marcos Martins nessa conquista, Emidio lembrou outros avanços que Osasco obteve por meio da atuação do parlamentar, como a instalação de uma unidade do Poupatempo, do Centro de Hemodiálise do Hospital Regional, do Renast, órgão de atenção à saúde do trabalhador, e ainda de recursos estaduais para pavimentação de ruas. “A emenda para conseguirmos realizar a obra desta UTI Infantil dará ao deputado pouca visibilidade, mas interfere em uma coisa que é fundamental: a possibilidade de salvarmos vidas de crianças”, disse.

Também presente ao evento, o secretário de Obras ,Waldyr Ribeiro Filho, falou sobre as intervenções, explicando que a UTI ocupa 180m² e conta com 8 leitos, sendo um de isolamento; e que a enfermaria é distribuída em uma área de 370m², onde funcionam 18 leitos. “Já foram muitas as reformas realizadas neste hospital e as obras ainda continuam. Quem ganha com isso é a cidade”, disse.

Já o secretário Gelso de Lima demonstrou grande agradecimento ao prefeito Emidio de Souza pela obra, e destacou a importância do espírito de equipe que existe na unidade, citando nominalmente cada um dos diretores do Hospital. Ele ressaltou ainda a importância da participação dos Conselhos Gestores e agradeceu ao deputado Marcos Martins pela conquista. “Sou um grande admirador do Marcos Martins pelo trabalho que ele desenvolve resolvendo problemas e se envolvendo em lutas, das pequenas às grandes, como a cauda do banimento do amianto (substância cancerígena).

Gelso ressaltou que há outros problemas a serem enfrentados para melhorar ainda mais o funcionamento do Hospital Central. “Cerca de 200 mil pessoas passam, diariamente, pelo Centro da cidade e muitas delas aproveitam para tratar nessa unidade problemas simples que poderiam tratar em um pronto-socorro ou UPA (Unidade de Pronto Atendimento), com isso, o Hospital se descaracteriza daquilo que se pretende. Por isso, um de nossos objetivos é instalar uma UPA aqui próximo”, revelou.

Em seu pronunciamento, o superintendente do Hospital Central, Ewando Ruck, também agradeceu a atuação do deputado e elogiou o caráter colaborador e participativo do secretário Gelso. “Nos próximos 2 anos ainda vamos fazer muitas outras melhorias aqui”, disse, citando a grande importância que vê na inauguração da UTI Pediátirca, ala que, segundo afirma, contempla um antigo anseio do corpo médico da unidade. “Conseguimos graças ao senhor, prefeito, a oportunidade de conquistar mais essa ferramenta de trabalho”. Ainda conforme afirmou Rulk, era grande a agonia dos médicos quando precisavam pedir vaga de UTI Pediátrica para outros municípios e hospitais. Ele adiantou que, contando com a retaguarda da nova UTI, na próxima semana o Hospital Central passa a realizar cirurgias pediátricas.

Também fizeram uso da palavra o vereador e presidente da Câmara Municipal, Aluísio Pinheiro e o deputado estadual, Marcos Martins. Após o ato solene e o descerramento da placa de inauguração, o prefeito visitou, acompanhado do secretário de Saúde, do superintendente da unidade e das autoridades presentes, as dependências da nova UTI e da Enfermaria Pediátrica.

Estiveram presentes à inauguração também o vice-prefeito Faisal Cury, os secretários municipais Paulo Fiorilo (Administração), Jorge Lapas (Governo) Rubens Bastos (Indústria e Abastecimento) e Renato Afonso (Assuntos Jurídicos); o Ouvidor Geral José Pedro; o superintendente do Hospital e Maternidade Municipal Amador Aguiar, Egídio Malagoli Neto e a coordenadora da UTI Pediátrica, Fabíola Peixoto Ferreira La Torre. Entre os presentes também estavam os vereadores Valmir Prascidelli (líder do prefeito na Câmara), Eduardo Pereira Martins, Antõnio Toniolo, Nelson Matias, Osvaldo Vergínio, João Góis, Valdomiro Ventura e Rogério Lins.

Saiba mais sobre a obra

A UTI Pediátrica do Hospital Central conta com 8 leitos, sendo um para isolamento; dois isoletes (incubadoras para bebês), um fixo e outro de transporte; poltronas ao lado de cada leito para as mães poderem acompanhar seus filhos durante a permanência na UTI; e sala de apoio. A ala vai atender à demanda espontânea da rede e do PS Pediátrico do Hospital, e ainda vai possibilitar que o município passe a realizar cirurgias pediátricas eletivas, pois oferece a retaguarda necessária para essas intervenções

A enfermaria Pediátrica é formada por 18 leitos, sendo um de isolamento; brinquedoteca; lactário e sala de estar e poltronas para acompanhantes ao lado de cada leito.

Além disso, verifique

Osasco realiza Fórum de Saúde Mental

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretária da Saúde, promoveu no dia 22 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.