Início / Saúde / Prefeito Emidio e secretário Gelso de Lima iniciam obras de mais duas unidades de saúde em Osasco

Prefeito Emidio e secretário Gelso de Lima iniciam obras de mais duas unidades de saúde em Osasco

Novas UBS do Jardim Helena Maria e UPA do Jardim Conceição vão garantir um atendimento ainda melhor à população. Nos eventos, eles também anunciaram a construção de 7 novas UBSs na cidade

A Prefeitura de Osasco vem avançando, cada dia mais, para melhorar o atendimento em Saúde prestado à população. E mais dois importantes passos foram dados nos últimos dias, também como parte das comemorações do 49º aniversário da cidade.

Foram iniciadas as obras de mais duas unidades na rede municipal de saúde: uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) 24 horas, no Jardim Conceição, zona Sul da cidade, e uma UBS (Unidade Básica de Saúde) no Jardim Helena Maria, na zona Norte.

As duas obras também atendem demandas da população apresentadas no Orçamento Participativo (OP) e as metas para o eixo Saúde do projeto Osasco 50 Anos. E, durante os eventos de lançamento das pedras fundamentais, o prefeito Emidio de Souza e o secretário Gelso de Lima trouxeram outra importante notícia para a população. A prefeitura vai construir 7 novas Unidades Básicas de Saúde para a rede, com recursos do governo federal, que vão substituir as que hoje funcionam em prédios alugados.

UBS Helena Maria

No dia 21, aconteceu o lançamento da pedra fundamental das obras da UBS do Jardim Helena Maria. Durante o evento, o secretário de Obras, Waldyr Ribeiro Filho, lembrou que o prédio, por ter um projeto desenvolvido pela própria prefeitura, vai atender de forma mais adequada as necessidades da população e também os projetos implantados pela Saúde.

Já o secretário Gelso de Lima falou do trabalho que a prefeitura vem desenvolvendo para adequar e construir novas unidades de saúde. “Nós fizemos um estudo sobre implantação de novas unidades de saúde e adequação das existentes. Percebemos que muitas delas que funcionam em imóveis alugados não são adequadas para os atendimentos. Essa nova unidade do Helena Maria, por exemplo, vai substituir a unidade que funciona há muitos anos em um local que era um sacolão, onde os consultórios estão no segundo piso, que é uma dificuldade para o paciente”, disse.

Gelso forneceu ainda mais detalhes das 7 novas UBSs da rede. “Os projetos já estão aprovados pelo governo federal e serão construídos com recursos do PAC II (Programa de Aceleramento do Crescimento)”, completou. Ele também convidou os presentes para participarem do dia “D” de combate à dengue, que acontece no sábado dia 26, mas que também contará com atividades durante toda a próxima semana.

Os padres Tião e Xavier, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Jardim Helena Maria, também participaram da cerimônia. Xavier lembrou que está no bairro há 36 anos e que sempre vem lutando junto com a sociedade na busca de melhorias e encerrou fazendo uma oração.

O prefeito Emidio de Souza, por sua vez, informou que a obra vai começar imediatamente. “Eu gosto de fazer o lançamento da pedra fundamental quando a obra vai realmente começar, porque a população quer ver a obra levantar e ser concluída. Ela vai ser entregue ainda este ano e vai coincidir com outra obra importante aqui da região, que é a canalização do Córrego Rico”, disse. O prefeito também agradeceu ao deputado federal João Paulo Cunha pelo empenho na busca de recursos junto ao governo federal, garantindo a construção das 7 outras unidades que serão construídas na rede.

UPA 24h

Já no dia 22 aconteceu o lançamento da pedra fundamental da UPA 24h do Jardim Conceição. Na ocasião, o secretário explicou como a unidade vai funcionar. “A UPA é uma unidade bem mais avançada e preparada que o Pronto Socorro. Contará também com odontologia de emergência e classificação de risco para atendimento imediato. Essa unidade será uma referência para o SAMU, em caso de emergência de vítimas atropeladas ou atingidas por armas brancas ou de fogo”, destacou.

Gelso ainda informou que Osasco contará com três UPAS. Além da que teve as obras iniciadas, outra está em construção na Vila Menk e uma terceira será construída na região central, para desafogar o Hospital Central.

O secretario salientou ainda que os projetos contam com parceria do governo federal e questionou o governo do Estado por não aderir o projeto. “Infelizmente, dentre os 26 Estados brasileiros, São Paulo é o único que não tem parceria entre o Estado e o governo federal para as UPAs e SAMU. O Estado nega essa parceria e os municípios têm que arcar com 50% do projeto”, explicou.

Já o prefeito Emidio, abordou o ganho para a região com a chegada da nova unidade. “Tive oportunidade de ver uma UPA funcionando em Campo Grande. É uma excelente unidade, que supera o Pronto Socorro. E a população de Osasco merece este tipo de atendimento. Hoje, a pessoa que precisa de atendimento de urgência acaba indo para o posto do Santo Antônio. Agora, com a chegada da UPA, os moradores dessa região serão atendidos aqui, diminuindo o número de atendimento no PS. Vamos entregar essa obra nas comemorações dos 50 anos de nossa cidade”, frisou o prefeito.

A UPA terá uma área de quase 1.800 m², e contará no acesso 1 com sanitários, Posto Policial, salas de espera e recepção, duas sala de classificação de risco, quatro sala de exame indiferenciado, dois consultório de ginecologista e obstetrícia com sanitário anexo, sala de estar dos médicos, rouparia geral, depósito de roupa limpa, sala de inalação, sala de sutura, sala de eletrocardiograma, sala de curativos, sala de coleta, quarto de isolamento individual com sanitário anexo e antecâmara, sala de raio-x, com arquivo de chapas, processadora e vestiário anexo, sala de reidratação, sala de urgência, e sala de higienização. Já o acesso 2 inclui, área para desembarque de ambulância, área de guarda de macas e cadeiras de rodas, sala de guarda-cadáver, sanitários, DML- deposito de material de limpeza, área restrita aos funcionários, posto de enfermagem, quarto de observação masculino, feminina e infantil com sanitários, deposito de roupa suja, deposito de resíduos, lavagem e descontaminação, sala de esterilização, DML – deposito de material de limpeza, sanitário de funcionários, quarto dos médicos plantonistas com banheiro, deposito de utilidades, refeitório, área de serviços, área de acesso a funcionários, sala de serviço social, sala da direção, sala da administração, sala de reunião, almoxarifado, sala de informações e controle de ponto, sala de controle de materiais e equipamentos, sala de dispensação de medicamentos, copa de distribuição e refeitório.

Também prestigiaram os eventos o vice-prefeito e presidente da FITO Faisal Cury; os secretários municipais Cláudio Chapecó (Esportes, Recreação e Lazer), Jorge Lapas (Governo), Rubens Bastos do Nascimento (Indústria, Comércio e Abastecimento); os vereadores Aluisio Pinheiro (Presidente da Câmara Municipal), Valmir Prascidelli (líder do prefeito na Câmara), Antonio Toniolo, Cláudio da Locadora, Nelson Matias, Osvaldo Vergínio, Rogério Lins, Valdomiro Ventura; o superintendente do Hospital Central, Evandro Ruck; a diretora de Saúde Pública Mirtes Fabricante, lideranças Comunitárias, delegados do Orçamento Participativo, entre outras autoridades.

Além disso, verifique

Osasco realiza Fórum de Saúde Mental

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretária da Saúde, promoveu no dia 22 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.