Início / Geral / Prefeito Emidio sanciona lei que institui o Dia do Nascituro em Osasco

Prefeito Emidio sanciona lei que institui o Dia do Nascituro em Osasco

Com a nova lei, aprovada por unanimidade na Câmara, o calendário oficial de Osasco passa a contar com o Dia do Nascituro, em 8 de outubro.

Nesta quinta-feira, 6 de outubro, os católicos de Osasco comemoraram uma grande vitória: o prefeito Emidio de Souza sancionou o projeto de lei que institui o Dia do Nascituro no calendário oficial da cidade. O ato aconteceu durante a abertura da 1ª Semana de Bioética em Defesa da Vida, no salão de atos da Cúria, e contou com a presença ilustre de Dom Mauro Morelli, bispo emérito da Igreja Católica.

A instituição do Dia do Nascituro em Osasco atende à solicitação da Diocese de Osasco, e também dos católicos e cristãos da cidade. A Lei do Nascituro diz respeito à proteção da vida humana desde sua concepção, ou seja, desde a fecundação do embrião no útero da mãe.

No evento, o presidente da Câmara, Aluísio Pinheiro, fez a leitura do projeto, que propõe uma audiência pública na Câmara todo dia 8 de outubro, além da promoção de palestras preventivas sobre aleitamento materno, gravidez na adolescência, pré-natal e outros temas durante a semana do dia 8 de outubro. “Este é um compromisso de cada um de nós que luta em defesa da vida, e que possamos redobrar as ações nesse sentido, e compreender que a vida não começa quando a criança nasce, e sim a partir da gestação. Essa vida precisa ser protegida”, afirmou.

Em seguida, Emidio sancionou a lei, que agora segue para publicação, e saudou D. Mauro Morelli. “É uma grande alegria tê-lo aqui, você que para mim é uma referência, desde os meu primeiros anos até hoje como prefeito.”

Sobre o projeto, Emidio disse: “Essa lei não tem valor impositivo a respeito da questão da preservação da vida, mas acho que é bom a cidade sancionar, porque assim, oficialmente, garantimos nossa preocupação com essa questão ética. O Dia do Nascituro vai servir para chamar a atenção da sociedade sobre a importância de preservar a vida, e tem que ser uma responsabilidade nossa desde sua concepção”, garantiu.

Também estiveram presentes no ato os secretários Rubens Bastos (Indústria, Comércio e Abastecimento); Waldyr Ribeiro Filho (Transportes e Obras); a secretária-adjunta de Promoção e Assistência Social, Patrícia Dândalo; o vereador Nelsinho; o bispo Dom Ercílio Turco, da Diocese de Osasco; os padres Léo, Raimundo e Xavier; Maria Isabel Panaro, coordenadora diocesana; Julina Alves, do Conselho Municipal de Segurança Alimentar; Marcos Miguel, do Conselho Municipal de Educação; Irto e Tânia, do Conselho Tutelar; e alunos da escola estadual Prof. Vicente Peixoto; dentre outros participantes e autoridades.

Dom Mauro Morelli

Mais cedo, no mesmo dia, D. Mauro Morelli esteve no Espaço Cultural Grande Otelo falando sobre o tema “Desafios para Efetivação do Direito Humano à Alimentação Adequada”. O evento contou com a presença da secretária adjunta da Secretaria de Assistência e Promoção Social, Patrícia Dândalo; do presidente da Câmara, Aluísio Pinheiro; da presidente do Conselho de Segurança Alimentar (CONSEA) de Osasco, Julina Alves, e dos padres Aurélio e Sérgio.

Bispo emérito da Igreja Católica, Dom Mauro possui um currículo extenso: é fundador do Movimento Ética na Política; junto com Herbert de Souza, criou o Ação de Cidadania Contra à Fome, à Miséria e a Vida. Também é membro permanente do Comitê de Nutrição da ONU, foi presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar – CONSEA; e é fundador da agência de Defesa e Promoção do Direito à Alimentação e Nutrição da Rede SAN.

O tom de Dom Mauro durante a palestra no Grande Otelo foi bem humorada. Entre piadas e relatos de situações inusitadas que viveu em seus 76 anos, introduzia a questão da segurança alimentar. “Um dia vamos falar de alimentação no sentido pleno: precisamos nutrir o corpo, a alma e o espírito, ingerindo alimentos de boa qualidade, de modo solidário”, disse.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.