Início / Geral / Prefeito Jorge Lapas recebe presidente da EMTU para apresentação do projeto do Corredor Oeste

Prefeito Jorge Lapas recebe presidente da EMTU para apresentação do projeto do Corredor Oeste

108 - Leandro Palmeira (1)Prefeitura vai fazer sugestão ao projeto no trecho que corta a cidade e também quanto à construção do terminal rodoferroviário do Km 21

O prefeito de Osasco, Jorge Lapas, recebeu em seu gabinete, na manhã de quarta-feira, dia 20 de fevereiro, o presidente da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), Joaquim Lopes da Silva, para apresentação do projeto do Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo (Butantã).

Também conhecido como Corredor Oeste, o sistema visa promover integração entre os ônibus intermunicipais e o sistema metro-ferroviário. De acordo com o projeto, ele tem seu ponto inicial no Terminal Itapevi, junto à Estação da CPTM, e seguirá até a Estação Butantã do Metrô (Linha 4 – Amarela), na Capital paulista, somando 30,4 quilômetros de extensão e cortando ainda os municípios de Jandira, Barueri, Carapicuíba e Osasco.

Atualmente, está em fase de implantação o trecho entre as cidades de Itapevi e Jandira, cujas obras devem ser retomadas em maio. O projeto abrange ainda em outras duas etapas: de Jandira a Osasco e de Osasco ao Butantã, incluindo, na divisa com Carapicuíba, a construção do terminal rodoferroviário do Km 21. Segundo a EMTU, as obras de todo o corredor devem ser entregues até 2015.

Na reunião, além de detalhes dos trechos que cortam cada cidade da região Oeste, o presidente da EMTU afirmou que a empresa está aberta a sugestões da prefeitura de Osasco sobre o viário que vai cortar o município. Com isso, foram acertadas novas reuniões sobre o tema, com a participação de um grupo de estudos com representantes da administração municipal e da empresa estadual.

Na reunião, o prefeito Jorge Lapas propôs que a Prefeitura e o Estado estudem as principais necessidades operacionais do transporte coletivo da cidade para a integração das linhas intermunicipais com o terminal.

Já o chefe de gabinete do prefeito, Waldyr Ribeiro Filho, já fez a primeira sugestão ao projeto. Segundo ele, no trecho que vai cortar o bairro do Km 18 poderiam ser construídas marginais ao rio Tietê, e uma alça de acesso em Quitaúna, como alternativa à avenida dos Autonomistas, visando desafogar o trânsito. Com relação ao terminal do Km 21, Waldyr sugeriu estudos para criar uma possibilidade do terminal também atender as linhas rodoviárias com destino ao Interior e também para outros Estados brasileiros.

O evento também conta as participações do secretário de Mobilidade Urbana de Osasco, João Gois, do presidente da CMTO, Paulo Arnoni, além do assessor da presidência da EMTU, Arthur Xavier.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.