Início / Utilidades Públicas / SESC Osasco / Prefeitura doa terreno para implantação do Sesc Osasco

Prefeitura doa terreno para implantação do Sesc Osasco

Clique para abrir
Clique para abrir

Escritura assinada pelo prefeito Emidio de Souza e pelo superintendente de Administração do Sesc-SP, Luiz Gallina, oficializou a parceria. Unidade começa a funcionar no início do próximo ano, e área próxima à Fito do Jardim das Flores

A Prefeitura de Osasco e o Sesc-SP (Serviço Social do Comércio de São Paulo) oficializaram, na sexta-feira, dia 12 de setembro, convênio para implantação do Sesc Osasco. O prefeito Emidio de Souza e o superintendente de Administração da entidade, Luiz Gallina, assinaram escritura para doação de um terreno, que fica próximo à Fito da zona Sul, no Jardim das Flores e tem 36.930 m², para o projeto.

Durante o evento, realizado no gabinete do prefeito, o secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Osasco, Sérgio Gonçalves, lembrou que as negociações entre a administração municipal e o Sesc-SP foram iniciadas em 2005, mas que a concretização da parceria esbarrou em problemas de gestões passadas.

“Escolhemos uma área para receber o Sesc mas, quando fomos ver, havia um loteamento aprovado no local. E a prefeitura nunca havia se preocupado em passar a área para seu nome”, explicou.

“Precisamos então fazer um levantamento da situação lote por lote, quase um quebra-cabeça fundiário, que levou quase três anos para se montado”, completou, acrescentando que o processo também envolveu a desafetação (mudança legal de destinação) de cada um dos lotes para a regularização, processo que também contou com o trabalho da Secretaria de Assuntos Jurídicos.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

O passo final foi o encaminhamento de um projeto de lei, à Câmara Municipal, para a doação de área, que foi aprovado pelos vereadores. “E agora, no começo do próximo ano, já vamos contar com o Sesc Osasco funcionando”, disse.

Sérgio destacou ainda que o terreno fica em uma área que está recebendo grandes investimentos da prefeitura, como as obras de canalização do córrego João Alves a duplicação da avenida Visconde de Nova Granada.

A boa localização da área também foi destaca pelo superintendente do Sesc-SP. “Era um sonho termos um Sesc instalado em Osasco. Há mais de 10 anos procuramos um terreno, porque não poderíamos ficar de fora de uma cidade tão importante para o Estado e para o País. E, desde que a prefeitura nos procurou, oferecendo a doação de um terreno, estamos batalhando por isso. Ficamos muito felizes por estarmos concretizando esse convênio e por ser uma área em uma região muito boa”, relatou.

Ele também explicou que o Sesc iniciará suas atividades, na cidade, com uma sede provisória, mas que já vai abrigar eventos culturais e serviços à população. Além disso, deu detalhes sobre o projeto da sede definitiva. “Teremos cinema, teatro, auditório, complexo aquático e área para serviços odontológicos, entre outras dependências. Vamos oferecer vários tipos de atividades para crianças, adultos e idosos”, adiantou.

Para o prefeito Emidio de Souza, essa é mais uma grande conquista para Osasco. “Criar espaços culturais na cidade é sempre uma conquista. E ainda mais quando se trata de um Sesc, que tem se notabilizado por abrir suas portas às manifestações artísticas”, afirmou.

Ele também destacou a importância do Sesc para a população da cidade. “Hoje, os moradores de Osasco já estão acostumados a ir ao Sesc Pinheiros, Itaquera e Pompéia, entre outros. E vão poder continuar indo. Mas é muito bom saber que perto de casa também haverá um deles, com a mesma qualidade de programação”, disse.

O prefeito salientou ainda outras importantes iniciativas na área da cultura, em Osasco. “Estamos construindo dois CEUs e, em cada um deles, haverá um teatro. Com isso, teremos espaços para atividades culturais no coração das zonas Norte e Sul da cidade”.

Também prestigiaram o evento o vice-prefeito Faisal Cury, os secretários municipais Luciano Jurcovichi (Serviços Municipais), Cláudio Chapecó (Esportes, Recreação e Lazer), Luiz Urban (Cultura), Antônio Jardim (Indústria, Comércio e Abastecimento), Dulce Helena Cazzuni (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), Renato Afonso Gonçalves (Assuntos Jurídicos) e Carlos Marx (Meio Ambiente); o conselheiro do Sesc-SP, Aldo Minkilo; o superintende técnico-social do Sesc-SP, Joel Padula; o coordenado de Planejamento do Sesc-SP, Sérgio Batistelli; as assessoras Jurídicas do Sesc-SP, Liliana e Sylvia; e os escreventes do 3º Tabelião de Notas, Fábio Caetano e Edson Braule; além de vários artistas da cidade.

um comentário

  1. o sesc de osasco poderia ter piscinas e academia, seria muito legal.
    poderia fazer como outros lugares onde tem hospedagem, seria muito lucrativo para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.