Início / Geral / Secontru e PM preparam operação de combate à poluição sonora em Osasco

Secontru e PM preparam operação de combate à poluição sonora em Osasco

Com objetivo discutir estratégias para o enfrentamento e combate à perturbação do sossego público, representantes da Secretaria de Segurança e Controle Urbano e da Polícia Militar se reuniram nesta semana na sede do 14º Batalhão da PM, na zona Sul da cidade.

Dentre as ações definidas pelo grupo de trabalho está a fiscalização nos entornos de casas noturnas que funcionam após a meia noite, locais que são os campeões de denúncias por parte da população, que se queixa do elevado número de veículos que circulam na madrugada, nas proximidades desses bares, com som altíssimo.

Para o secretário da SECONTRU, Dr. José Amando Mota, as operações consolidam a execução da Lei Cidade Limpa, implantada em Osasco no ano passado. “Desde o final de 2011 temos feito uma campanha educativa, orientando os motoristas quanto à utilização de som nos carros, principalmente os tunados. Agora chegou a vez de intensificarmos nossas ações para conter aqueles que abusam e desrespeitam a legislação”, disse o secretário.

O comandante do 14º Batalhão da PM, Tenente Coronel Virgolino de Oliveira, compartilha da opinião de José Amando. “Sou da opinião que essas operações devam ser em conjunto com a prefeitura, porque as atribuições dessas entidades se completam e também por isso, acabam surtindo mais efeito e obtendo maior sucesso. Neste sentido, posso citar o caso Jardim Conceição, onde havia bailão funk na rua e todo o tipo de arruaça a céu aberto, nos finais de semana. Depois que implantamos a tolerância zero naquele bairro, tomamos conta da situação e agora a população está satisfeita com o poder público, que conseguiu manter a tranquilidade e a segurança no bairro”, revelou o Coronel Virgolino.


Campanha Educativa

Em 2011, a SECONTRU iniciou a execução da Lei Cidade Limpa, combatendo a poluição visual. Hoje, a paisagem urbana está muito mais agradável. “Já eliminamos o excesso de outdoors, lambe-lambe, pinturas em muros e os anúncios nos gradis de pedestres, e nossas equipes continuam monitorando principalmente o Centro Expandido, para que haja um controle efetivo da publicidade externa”, ressalta José Amando.

Segundo ele, a poluição sonora é a que mais afeta a população. As denúncias de perturbação ao sossego público representam 25% do total recebido na Ouvidoria da prefeitura. “Nossa legislação prevê que os infratores sejam multados em até R$ 6.400. No entanto, não queremos que isso aconteça, por isso é que instalamos na cidade várias faixas educativas, orientando o motorista. A repercussão foi enorme e os munícipes apoiam nossa iniciativa. Temos certeza de que todos já estão devidamente informados sobre as consequências da infração”, completa o secretário.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

3 Comentários

  1. Gostaria de saber se essa operação vai vigorar na época de eleição e ser vai ser aplicada contra os carros de som das campanhas politicas?

  2. Neste momento próximo ao extra e Prof José Azevedo minhoto está um barulho infernal de som…acreditem o cidadão deve estar dando uma festa e usando o carro dele como trio elétrico.
    Temos um bebê e está insuportável com a casa toda fechada.
    Cade a polícia de Osasco e sua ronda noturna?

  3. Nesse momento, no domingo passado, no retrasado e a vários anteriores está acontecendo uma festa infernal na avenida presidente médice 1841 jardim Mutinga Osasco. A prefeitura já está ciente já entrou em contato comigo eu disse que o problema persiste e nada foi feito, depois de meses esperando por uma resposta.

    Essa secretária não é séria! Se estiver mesmo atuando deve ser apenas nos bairros nobres de Osasco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.