Início / Geral / Secretarias unem forças para melhorar qualidade de vida com o Osasco Saudável

Secretarias unem forças para melhorar qualidade de vida com o Osasco Saudável

Encontro do Programa realizou balanço das atividades

Desde o início da gestão do prefeito Emidio de Souza, a Prefeitura de Osasco vem dando o exemplo de uma administração aberta e participativa. Na manhã do último sábado, dia 17 de abril, mais uma vez a cidade pôde presenciar um evento democrático: o “Encontro do Programa Osasco Saudável”, realizado no Centro de Formação de Professores, e que reuniu autoridades municipais, servidores, munícipes e representantes de instituições convidadas.

O encontro foi o resultado de uma iniciativa conjunta das secretarias do município para apresentar o Programa à cidade e discutir métodos de trabalho, conferindo visibilidade às ações que buscam a melhoria da qualidade de vida da população e abrindo espaço para a apresentação e discussão das experiências já desenvolvidas na cidade.

Na abertura do evento, Rosana Marcondes, representante da Comissão Executiva da Secretaria de Saúde, destacou o caráter participativo do evento e a importância do diálogo intersecretarial como ferramenta para produzir a sociabilidade. Segundo ela, o principal instrumento na construção de políticas públicas. “Osasco é uma cidade que consulta a coletividade, invertendo a dinâmica da participação popular ao trazer as pessoas para elaborar e executar projetos”, afirmou. Citando o Osasco 50 anos, o Orçamento Participativo e o PPA Participativo, ela falou ainda sobre o empoderamento que projetos como estes trazem à população, possibilitando a construção de redes, fazendo com que espaços possam se conectar e fortalecendo o sentimento de pertencimento das pessoas. Sobre o encontro, enfatizou: “Queremos aprimorar o diálogo, ajustar interesses, estudar possibilidades e estabelecer prioridades. Para isso, precisamos saber o que acontece nos projetos de cada secretaria e olhar com generosidade e cuidado para cada uma dessas ações”, finalizou.

De acordo com o secretário de Saúde, Gelso de Lima, também presente ao evento, o encontro “não é um programa de uma secretaria, mas um programa da cidade. Osasco vem se transformando em uma cidade cada dia mais humana e democrática graças à dedicação e empenho de todas as secretarias”. Segundo ele, a mudança de paradigma na esfera da saúde na cidade se deve “à sensibilidade do nosso prefeito, ao priorizar a atenção básica e a prevenção e promoção da saúde”. Como exemplo, ele citou o bairro Munhoz Jr., que até o momento, não registrou nenhum caso de dengue. “O trabalho preventivo dá resultados”, afirmou. Ele ainda anunciou algumas novidades para a rede municipal, tais como o recurso obtido para a construção de uma UTI pediátrica no Hospital Central Antonio Giglio e a construção de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), onde o Programa Saúde da Família terá sede própria.

O secretário de Esportes, Lazer e Recreação, Cláudio Chapecó, anunciou a instalação de quatro novos conjuntos de equipamentos de musculação para a Terceira Idade no município, e falou sobre a atuação da pasta no Programa Osasco Saudável. “Dois projetos que merecem destaque são o Projeto Desafio e o Programa de Esporte e Lazer na Cidade, que vêm ao encontro do Programa Osasco Saudável e agora estão se inserindo de uma forma mais articulada”, disse.

Já o secretário de Governo, Jorge Lapas, falou sobre a importância do projeto para toda administração municipal. “Notamos com o decorrer do tempo que podíamos envolver os funcionários da Prefeitura com todos os projetos desenvolvidos, no sentido de fazer um projeto maior. Que ele seja exitoso e vitorioso”, afirmou.

Encerrando a solenidade de abertura, o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, falou sobre o orgulho que tem do Programa Osasco Saudável e sua importância para a qualidade de vida da população. “Tem gente que acha que o papel do prefeito é fazer obras. Claro que isso é importante, mas é essencial trabalhar para melhorar a qualidade de vida da população, e para isso não precisamos de cimento, mas de atitude”, afirmou e citou como exemplos de ações da Prefeitura neste sentido a construção da ciclofaixa da Avenida Nova Granada e o curso de Alimentação Saudável oferecido no Parque Chico Mendes pelo médico Dr. Alberto Peribanez Gonzável. “Precisamos ter atitude diante dos fatos. Depois que começou o Osasco Saudável, as pessoas que participam, além de melhorar suas condições físicas e, por conseqüência, sua autoestima, tranqüilidade e sono, certamente devem ter feito novas amizades. O quanto eu puder continuar apostando neste Programa, vou continuar, porque eu sei que vale a pena”, concluiu.

Moradora do Portal D’Oeste, Noemira dos Santos Camargo, de 59 anos, afirma já ser fã do Programa Osasco Saudável. “Está lindo e ótimo. Com os cursos que fiz na Promoção Social faço, por exemplo, cabelos, unhas e vários outros serviços de beleza. Faço também ginástica e alongamento, duas vezes por semana, próximo ao Posto de Saúde do Portal D’Oeste. Os professores são bem atenciosos”, brinca.

A colega de esportes Terezinha Bento Ferreira, de 77 anos, apoia a opinião de Noemira e ainda acrescenta as expectativas. “Esperamos que o Programa se expanda. É muito bom não só para a Terceira Idade, mas para todos que vivem na cidade”, avalia.

O encontro teve prosseguimento com apresentações artísticas e a realização do Fórum Alimentação Saudável, com palestras relacionadas ao assunto e um Painel para debater o tema “Cidade Saudável”. O evento também contou com a Mostra Vida Saudável, composta por apresentações de palco, vídeos e pôsteres sobre os diferentes projetos das Secretarias.

O Projeto Osasco Saudável teve início com uma parceria entre as secretarias de Saúde e Esporte, Recreação e Lazer, para depois contar com a participação de outras secretarias, tais como Assistência e Promoção Social; Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão; Serviços Municipais; Meio Ambiente; Indústria, Comércio e Abastecimento; e Educação.

Também estiveram presentes ao evento os secretários Juracy Dalle Lucca (Indústria, Comércio e Abastecimento), Carlos Marx (Meio Ambiente), Dulce Cazzuni (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), e Mazé Favarão (educação), a secretária-adjunta da Assistência e Promoção Social, Patrícia Dândalo; a coordenadora do Orçamento Participativo, Nice Abrantes; o vereador Valmir Prascidelli; entre outras autoridades.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.