Início / Esportes / Vôlei / Sollys/Osasco conquista tricampeonato Sulamericano de Vôlei Feminino de Clubes e garante vaga para Mundial

Sollys/Osasco conquista tricampeonato Sulamericano de Vôlei Feminino de Clubes e garante vaga para Mundial

A vitória por 3 sets a 0 na manhã de domingo, 7 de agosto, na final da competição contra o Universidad Católica do Chile, por parciais de 25/13, 25/11 e 25/11 garantiu ao time do Sollys/Osasco o tricampeonato Sulamericano de Vôlei Feminino de Clubes. Com o resultado, a equipe também tem vaga assegurada para o Mundial, que acontece entre os dias 8 e 14 de outubro, na cidade de Doha, no Qatar. A partida do título aconteceu no ginásio de Esportes Professor José Liberatti, em Presidente Altino.

Após o jogo, a capitã do Sollys/Osasco Jaqueline parabenizou o empenho das adversárias e destacou o sucesso de seu time na competição. “O grupo está feliz com o objetivo alcançado, a vaga para o Mundial. Todas as jogadoras são especiais e passam confiança umas para as outras”, disse. O treinador do Osasco, Luizomar de Moura, também fez suas considerações sobre a partida. “A equipe entrou concentrada e respeitou as adversárias. Houve muita seriedade dentro de quadra e também fora, com o apoio da comissão técnica. Mesmo com desfalques encaramos o desafio. Agora, iniciaremos a montagem do elenco para o Mundial. Sabemos que o campeonato coincidirá com os Jogos Panamericanos de Guadalajara, no México, mas estudaremos a possibilidade de contarmos com uma forte equipe para disputar o Interclubes. Jogadoras não convocadas para o Pan não serão dispensadas e jogarão o Mundial”, reforçou.

O treinador do Sollys/Osasco também explicou que a preparação para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, para a seleção brasileira feminina de vôlei é muito importante para o país e também para o técnico José Roberto Guimarães, já que a equipe deixou escapar o título Panamericano do Rio de janeiro, em 2007, contra a forte equipe de Cuba. Por este motivo, Luizomar acredita que a seleção deve ir com força máxima podendo desfalcar o time de Osasco para o Mundial.

O elenco do Sollys/Nestlé para o Sul-Americano contou com as levantadoras Karine e Viviane; as ponteiras Samara, Jaqueline, Silvana e Jú Costa; as centrais Bia, Larissa e Solange; as opostas Ivna e Heloiza e a líbero Camila Brait. Luizomar acredita que – além das baixas de Thaísa e Adenízia, que estão na seleção brasileira em disputa do Gran Prix 2011 -, pode perder atletas como Jaqueline e Camila Brait para o Mundial de Clubes devido às datas coincidentes do calendário de competições. No entanto, o treinador assegurou que o diálogo com equipes coirmãs do Solly/Osasco para empréstimos de atletas devem ajudar a manter o equilíbrio da base na disputa internacional.

No torneio sulamericano a equipe do Sollys/Osasco ainda conquistou uma série de premiações individuais. A capitã do elenco, Jaqueline, ganhou como a melhor sacadora e jogadora do Sulamericano – este último também conquistado no mesmo campeonato em 2009. O prêmio de melhor passe ficou com Silvana; levantadora, Karine; bloqueadora, Larissa; atacante, Ivina e melhor líbero Camila Brait. O único fundamento ganho por outro time foi o de melhor defesa, conquistado pela líbero da equipe do Universidad Católica do Chile, Carla Ruz. A equipe comandada pelo técnico Luizomar de Moura ficou com a taça da competição continental também nas edições de 2009 e 2010, ambas disputadas em Lima, no Peru.

Antes do jogo final, no mesmo dia, o Universitário San Francisco Xavier, da Bolívia, superou o Sport Club Venezuela, do Paraguai, por 3 sets a 1 com parciais de 22/25 (PAR), 25/16 (BOL), 25/17 (BOL) e 25/21(BOL), e conquistou a terceira colocação do Sulamericano Feminino de Clubes, com uma vitória e duas derrotas. A equipe paraguaia terminou na quarta colocação, com três derrotas em três confrontos.

O secretário de Esportes, Recreação e Lazer de Osasco, Claudio Chapecó, que representou o prefeito Emidio de Souza, participou da cerimônia de premiação e entregou as medalhas para a equipe vice-campeã do Universidad Católica do Chile, o time na terceira colocação, o Universitário San Francisco Xavier da Bolívia, e agradeceu a presença da quarta colocada Sport Club Venezuela, do Paraguai.

A Prefeitura de Osasco apoia o time cedendo o ginásio de esportes Professor José Liberatti, em Presidente Altino, para treinos e jogos, entre outras ações. “A parceria de dois anos nos dá muita alegria, assim como o time. Fomos em todos os anos muito vitoriosos. É motivo de muito orgulho para a cidade representar o Brasil em um campeonato internacional. Toda a organização do evento foi impecável e primou pela qualidade”, finalizou, dizendo que desta vez o time de Osasco estará pronto para conquistar o Mundial, já que na final, em 2010, foi derrotada pelo Fenerbahce, da Turquia. Antes, porém, o time do Sollys/Osasco estreia pela Copa São Paulo na quinta-feira, 11 de agosto, contra o Pinheiros. O jogo acontece às 18h, no ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo.

Além disso, verifique

Voley feminino Sollys Osasco ganha…

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esportes, Recreação e Lazer e em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.