Início / Geral / Vigilância Sanitária de Osasco interdita Hospital Montreal

Vigilância Sanitária de Osasco interdita Hospital Montreal

O Hospital Montreal de Osasco foi interditado na tarde de quarta-feira, 31 de agosto, pelo Grupo Técnico de Vigilância Sanitária (GTVISA) do município. A equipe determinou a interdição cautelar após uma inspeção da VISA, realizada na última sexta-feira, 26 de agosto. O Hospital tem 10 dias para recorrer da decisão.

Com a determinação, o Hospital não deverá receber pacientes para a internação e cirurgias e nem os atendimentos em urgência e emergência em seu Pronto Socorro. Os pacientes que já se encontram internados deverão ser transferidos para os hospitais de referência dos convênios atendidos na unidade. A interdição cautelar poderá ser suspensa antes do período, caso o Hospital adote as medidas estipuladas pela Vigilância Sanitária.

Entre as irregularidades apontadas, estão ausência de equipamentos de manutenção e sustentação da vida, como desfibriladores e monitor cardíaco, comprometimento na parte estrutural do prédio, número insuficiente de profissionais para atender à demanda, medicamentos vencidos e abertos, além de documentação irregular para liberação de licença.

De acordo com Marta Cristina Camillo, coordenadora técnica do GTVISA, antes da interdição a diretoria do Hospital já havia sido notificada e autuada pelas irregularidades. “Recebemos inúmeras denúncias referentes à demora e ao mal atendimento prestado no local”, acrescentou.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.