Início / Educação / Lançamento da nova edição da Revista da Educação fomenta debate e discussão em Osasco

Lançamento da nova edição da Revista da Educação fomenta debate e discussão em Osasco

Mais de 600 pessoas lotaram o auditório do Teatro Municipal de Osasco, na noite de terça-feira, 22 de fevereiro, para avaliar os avanços no setor de Educação na gestão do prefeito Emidio de Souza, registrados na terceira edição da Revista da Educação. A publicação, lançada nesta data, é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação, que integra as festividades do 49º aniversário de Osasco e tem por objetivo levar à comunidade um material rico em informações sobre todos os projetos da administração nesse setor.

As ações de políticas públicas desenvolvidas pela rede municipal de educação atendem cerca de 67 mil estudantes e dão formação a aproximadamente 7 mil professores, gestores e profissionais de apoio. São dezenas de ações voltadas à formação cidadã, com assessoria de institutos renomados, que buscam constantemente melhorar a educação oferecida e influenciar positivamente o processo formativo dos futuros cidadãos.

A nova edição da Revista da Educação, que contou com uma tiragem de 70 mil exemplares, é um registro histórico dos avanços da área, que reforça a característica de transparência que tem marcado a administração. Por meio de textos e fotos, foram descritos os desenvolvimentos de cada trabalho, complementando as outras publicações específicas sobre cada ação lançadas nos últimos anos, como os livros “Educação Cidadã em Osasco: Avanços e Desafios” e o “Educação Inclusiva – Dos Muitos Quereres e Alguns Fazeres”, a Agenda PAAPE (Programa de Apoio e Aperfeiçoamento do Profissional de Educação), a cartilha de prevenção da Gripe A, guias pedagógicos, livros sobre os Desfiles de 7 de Setembro e informativos periódicos, dentre outros, que mantiveram sempre aberto um canal de comunicação direta com a população.

O evento foi aberto com uma apresentação do jornalista e músico Júlio Rezende. O saguão do teatro contou com uma exposição de fotos que ilustram as páginas da revista. Na abertura da cerimônia de lançamento, a secretária de Educação de Osasco, professora Mazé Favarão, iniciou as falas e fez questão de destacar o papel singular da publicação junto à comunidade como ferramenta importante de balanço de gestão. “Um projeto só dará bons frutos se o conjunto da sociedade apropriar-se das idéias e souber por que e para que será usado o conhecimento disseminado na área. Vejo a revista como uma reafirmação do compromisso sério da administração de Osasco junto à rede e à população”, destacou.

Em seguida, o presidente da Câmara de Osasco, Aluísio Pinheiro, e o deputado estadual, Marcos Martins, ressaltaram o protagonismo da Secretaria de Educação na cidade e os esforços para ampliar programas e projetos que atendam não apenas estudantes da rede, mas também capacitem, qualifiquem e ofereçam atividades que visem a melhoria na qualidade de vida do docente dentro e fora das salas de aula.

Também fizeram considerações sobre a publicação Adailza Sposati, doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) e professora pela mesma instituição, e Moacir Gadotti, presidente do Instituto Paulo Freire e professor titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Em suas falas, ambos justificaram a importância da publicação como resultado da construção de experiências sólidas e eficientes de políticas públicas que democratizam o processo de educação, bem como instrumento capaz de estimular o envolvimento cada vez maior entre pensar e agir do poder público em sintonia com anseios da sociedade civil organizada.

O prefeito de Osasco, Emidio de Souza, por sua vez, reforçou aspectos de transparência e celeridade nas ações da prefeitura por meio da publicação. “A revista dá conta da imensa transformação no período da nossa gestão. Sabemos que educação e informação podem promover uma revolução. Elas não podem ser concebidas e restritas às autoridades, mas devem contar com a participação ativa de todos da sociedade. São mecanismos que nascem da visão e colaboração das pessoas. É por meio da educação que se abrem portas e janelas para os jovens; é a forma pela qual se pode universalizar e dividir o conhecimento que transforma o cidadão”, finalizou, lembrando ainda da importância dos Conselhos Municipais, Orçamento Participativo, Projeto Osasco 50 Anos, Conselho “Escola vai para Casa” e Conselho de Gestão Compartilhada como algumas das ferramentas de destaque para o sucesso e avanço da gestão democrática.

Também participaram do evento os secretários municipais Jorge Lapas (Governo), Luciano Jurcovichi (Cultura), Gelso de Lima (Saúde), Paulo Fiorilo (Administração) e Dulce Helena Cazzuni (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), os vereadores Aluísio Pinheiro (presidente da Câmara Municipal) e João Gois; a coordenadora da Ong Mais Diferenças, Carla Mauch; o presidente do Conselho Municipal de Educação, Marcos Miguel; a secretária de Educação de Carapicuíba, Aparecida da Graça; o secretário de Educação de Francisco Morato, Jessé Felipe; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Gráficas de Osasco e Região, Joaquim de Oliveira; o presidente da Cooperativa de Transportes Escolares de Osasco, Julio José dos Santos; o presidente da ACM Osasco, Sergio Manoso e a representante do Remec do Estado de São Paulo, Valmira Alencar Miranda; dentre outras autoridades.

Além disso, verifique

Secretaria de Educação de Osasco saúda servidores para a volta às aulas

Início do ano letivo na rede municipal acontece no dia 6 de fevereiro No mês …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.