Início / Geral / Osasco lança campanhas de “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres” e do “Laço Branco”

Osasco lança campanhas de “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres” e do “Laço Branco”

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretária de Assistência e Promoção Social (SAPS), promoveu, no dia 19 de novembro, o lançamento das campanhas de “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres” e do “Laço Branco”.

As atividades das campanhas são executadas pelo Centro de Referência da Mulher Vítima de Violência (CRMVV Márcia Ribeiro), com apoio de várias secretárias municipais, como: Saúde; Obras; Segurança e Controle Urbano e Esportes, Recreação e Lazer; além da Coordenadoria da Mulher e Promoção da Igualdade Racial, Defesa Civil, Departamento Funerário, CMTO e ainda Câmara Municipal.

A primeira delas aconteceu no Calçadão da rua Antônio Agú, no dia 20 (sábado). No local, os servidores da SAPS distribuíram para os homens o Laço Branco e impressos da campanha. O movimento surgiu no Canadá, quando um grupo de homens se reuniu e lançou a Campanha do Laço Branco, para apoiar as mulheres nesta luta. A campanha tem como objetivo sensibilizar e envolver o homem no engajamento pelo fim da violência praticada contra a mulher.

Já no dia 22 de novembro, foi realizado, no auditório do Centro de Referência do Idoso, no Jardim Bela Vista, o Seminário “Subjetividade da Violência Contra a Mulher e o Trabalho com o Agressor”. Esse evento, faz parte da programação da campanha dos “16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra as Mulheres”, que se encerra no dia 9 de dezembro.

Na abertura do seminário, que reuniu os servidores e técnicos que trabalham com pessoas vítimas de agressão e agressores, a psicóloga do CRMVV Márcia Ribeiro, Renata Facis Lessa, explicou toda a programação e os objetivos da campanha. “Os 16 Dias de Ativismo e o Laço Branco ocorrem simultaneamente em 159 países. A cidade de Osasco aderiu a esse movimento em 2009”, disse.

Também no evento, a secretária da SAPS, Gilma Rossafa, fez uso da palavra. “Estamos juntos para enfrentar os desafios no processo de atenção e prevenção as vítimas de violências, assim como o tratamento prestado aos agressores. Não podemos tampar o sol com a peneira, a questão da violência é uma realidade e compartilhamos de que apenas cadeia não basta, é preciso construir um forma metodológica de ação”, explicou.

Em seguida, foram iniciadas as palestras, “Subjetividade da Violência contra a Mulher, ministrada pela psicóloga Rosemére Pires Miyahara e o tema, “Trabalho com Agressores”, pelo doutor em Psicologia Social Leandro Feitosa Andrade e o filosofo Sérgio Flávio Barbosa.

Confira a programação dos próximos eventos:

25/11/2011 – Cine Debate

Local: Sede da SAPS- Centro de Referência da Mulher Vítima de Violência “Márcia Ribeiro” (CRMVV) – Rua da Saudade, 180 – Bela Vista – Osasco – SP

Horário: 9h

01/12/2011 – Dia Mundial de Combate a AIDS – Atividade com a Secretaria de Saúde

Local: Rua Antonio Agú – Em Frente ao Shopping Osasco- Plaza

Horário: 10h

06/12/2011 – Campeonato de Futebol Intersecretarial

Local: Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS). Rua Ciro dos Anjos, 80 – Osasco – SP

Horário: 18h

09/12/2011 – Fechamento com o Seminário “O Impacto da Violência na Saúde da Mulher”

Local: Sede SAPS – Auditório do Centro de Atenção à Terceira Idade (CATI) – Rua da Saudade, 180 – Bela Vista – Osasco – SP.

Horário: 13h às 17h

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.