Início / Geral / Osasco promove Seminário de Mobilidade Urbana

Osasco promove Seminário de Mobilidade Urbana

A Prefeitura de Osasco promoveu, no dia 24 de julho, o primeiro Seminário de Mobilidade Urbana sob o tema “Construindo Uma Cidade Sustentável”. O evento foi aberto pelo prefeito Jorge Lapas no Paço Municipal, na Sala Osasco. O objetivo do seminário é aprofundar a reflexão sobre o tema mobilidade urbana no município com todos os setores da sociedade e representantes de cidades da região.

O intuito do debate é também pensar a mobilidade urbana além do tratamento apenas do transporte e do trânsito. Esta atividade faz parte do processo de construção do Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

O seminário é um evento intersecretarial e conta com a participação das secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag), Transportes e Mobilidade Urbana (Setran), Relações Institucionais (SRI), Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sehdu), CMTO (Companhia Municipal de Transportes de Osasco), Finanças e Comunicação Social (Secom). O secretário de Relações Institucionais, Waldyr Ribeiro Filho, foi o intermediador dos debates.

A abertura foi realizada pelo prefeito Jorge Lapas, que destacou os avanços da cidade nos últimos anos e avaliou que, na questão de mobilidade urbana, é preciso e necessário avançar muito mais. “A cidade tem vários gargalos e precisamos debater isso com a sociedade”, disse, informando ainda que a prefeitura promoverá audiências públicas nos bairros para tratar o tema. ”É preciso entender e ouvir a população, o que ela pensa sobre a questão de mobilidade e quais são as ideias que podemos extrair deste debate mais amplo”, explicou.

Lapas ainda pontuou que a mobilidade não se refere apenas ao transporte coletivo. Segundo ele, em muitos casos, até mesmo o pedestres tem dificuldade de locomoção por falta de acessibilidade para deficientes, assim como postes e árvores em calçadas, que acabam prejudicando o passeio e até mesmo a falta de calçadas. “Será necessário fazer uma pesquisa para elaboração de um estudo mais detalhado, para saber de que forma as pessoas se locomovem entre a casa e o trabalho e quais são suas necessidades”, sugeriu o prefeito.

Ele também afirmou que deve fazer parte do debate ações para atrair novas empresas para cidade, assim como o seu ponto de alojamento, visando sempre facilitar o trajeto para o trabalhador.

Em seguida, o secretário de Transportes e Mobilidade Urbana, João Góis Neto, fez uso da palavra. “Esse é um tema muito importante, pois envolve o direito de ir e vir. Não só em nossa cidade, mas em todo o Brasil. Nossa meta é priorizar o transporte coletivo, visando maior agilidade e conforto para os usuários”, adiantou Góis.

Já a secretária de Planejamento e Gestão, Dulce Helena Cazzuni, iniciou sua explanação falando sobre a tarefa e a missão de desenvolver os trabalhos juntos com todas as outras secretarias municipais e a sociedade civil organizada. Assim como o prefeito, Dulce disse que a mobilidade vai além do transporte viário. “Nós queremos uma cidade melhor, com mais qualidade de vida e um Plano de Mobilidade Urbana, que é uma lei que estabelece os critérios para pensarmos em uma cidade melhor para se viver”, explicou.

Dulce ainda disse que Osasco está adiantada nas discussões, porque a lei que determina o plano prevê sua execução até 2015. Ela ressaltou também a importância da participação nas discussões, de representantes dos governos do Estado e Federal, assim como de cidades do entorno, como: Carapicuíba, Barueri, Jandira, Itapevi, Santana do Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

O encontro contou também com palestras do diretor técnico da Coordenadoria de Planejamento e Gestão; representantes da Secretaria de Transporte do Governo de Estado de São Paulo, Horácio Hasson Hirsch; representante do Ministério das Cidades, Martha Martorelli; de Rossella Rossetto, urbanista especialista em planejamento urbano e Marcos Bicalho, especialista em transporte e mobilidade urbana.

Também participaram do seminário o vice-prefeito de Osasco, Valmir Prascidelli; os secretários municipais Roberto Trapp (Comunicação Social), Carlos Baba (Serviços e Obras), Mônica Veloso (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), André Santiago (Segurança e Controle Urbano) e Gelso de Lima (Assistência e Promoção Social); e os vereadores Valdir Roque, Dinei Simão, Alex da Academia; a diretora do Departamento Central de Licitações e Compras (DCLC), Mônica Cristina Pereira de Godoy; o secretário de Transportes de Jandira, Valter Ribeiro; o diretor do Demutran de Itapevi, Cícero Aparecido Souza; o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de São Paulo, Manoel Souza Lima; o diretor da Viação Osasco, Luiz Augusto; o presidente da Ordem dos Emancipadores de Osasco, José Geraldo Setter; o comandante da GCM de Osasco, Paulo Siqueira; do secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Barueri, João Amâncio; representando a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Carapicuíba, Luciano Alves da Silva; representando a Secretaria de Transportes e Trânsito de Santana de Parnaíba, Antonio Joaquim Correia; representando a Secretaria de Segurança e Transportes de Itapevi, Kleber Ferreira Maruxo; representando a Secretaria de Obras de Pirapora do Bom Jesus, Antônio Carlos Trofino; do diretor de Obras de Pirapora do Bom Jesus, Alexandre Mauricio; representando a Caixa Econômica Federal, Vinícius Navarro Antônio; a diretora da Fac-Fito, Maria de Lourdes Ramos; o diretor da Fatec-Osasco, Alexandre Ichiro Hashimoto; o diretor da Faculdade Fernão Dias, Saburo Matsubara; o diretor acadêmico da Unifesp Campus/Osasco, Murilo Leal; o diretor regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, Fábio Fonseca Friozem; dentre outras autoridades.

Além disso, verifique

Prefeito Jorge Lapas cria canal permanente de diálogo com a juventude de Osasco

Em um “papo reto”, como ele mesmo classificou, com jovens da cidade, foi criada uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.