Início / Cidadania / Prefeitura inaugura monumento “Cruz de Pedra”

Prefeitura inaugura monumento “Cruz de Pedra”

Prefeitura inaugura monumento “Cruz de Pedra”Presente da cidade armênia de Gyumri para selar convênio de cooperação com Osasco, monumento fica na Praça Manoel Coutinho, sob o viaduto Metálico

Foi inaugurado no domingo, dia 29 de junho, o monumento “Cruz de Pedra” (Katch-Kar), presente a Osasco da cidade armênia de Gyumri. A inauguração selou o convênio de cooperação entre as duas cidades.

Ele fica localizado na Praça Manoel Coutinho, sob o Viaduto Metálico. Com isso, Osasco também se torna o primeiro município brasileiro, fora a Capital de São Paulo, a contar com uma Cruz de Pedra, monumento que representa a fé do povo armênio. Em São Paulo, ela fica na Assembléia Legislativa.

A inauguração, acompanhada por diversos membros da comunidade armênia de Osasco, contou com a presença do Cônsul Geral da República da Armênia em São Paulo, Valéry Mkrtoumian, que falou sobre a importância do ato.

“Esta Cruz de Pedra simboliza a fé, amizade, eternidade dos valores humanos e respeito mútuo, e não é por acaso que ela está sendo instalada nesta cidade de Osasco. Os filhos do povo armênio, sobreviventes da grande tragédia do Genocídio Armênio, ocorrido no início do século vinte, chegaram ao Brasil e, mais especificamente, se estabeleceram em Osasco. Estes armênios encontraram aqui a sua segunda pátria”, relatou.

Em seguida, o cônsul leu carta enviada pelo prefeito da cidade de Gyumri, Vardan Ghoukassian, que lamentou não ter sido possível atender convite do prefeito Emidio de Souza para participar do evento, mas que anunciou vinda à cidade em dezembro. “Nestes tempos históricos instáveis, quando as contrariedades entre estados não cessam, nós estendemos e damos as mãos, manifestando a todos que é este o único caminho para a paz e o progresso”, escreveu o prefeito.

Emidio de Souza, por sua vez, afirmou que a Cruz de Pedra passa a ser um símbolo da solidariedade de Osasco com o povo armênio e com os mártires do genocídio praticado pelos turcos. “Desde que firmamos o convênio de cidades-irmãs, queríamos celebrar esse ato com um marco de nossa integração. Fiz questão de que ela ficasse em um local de bastante movimento para que simbolize também o quanto é importante a paz entre as nações. E espero que ela ajude a estreitar ainda mais os laços que já unem de maneira perene os povos de Osasco e da Armênia”, disse.

O evento contou com tradução do assessor consular e intérprete do Consulado, Yervant Tamdjian. E, seguida, houve benção da cruz pelo Arcebispo Datev Karibian, Primaz da Diocese da Igreja Apostólica Armênia do Brasil, acompanhado pelo Arcipreste Boghos Baronian.

Também prestigiaram o evento o coordenador de Relações Internacionais da Prefeitura de Osasco, Roque Aparecido da Silva; os secretários municipais Jorge Lapas (Governo e Chefe de Gabinete) e Waldyr Ribeiro Filho (Obras e Transportes); o primeiro-secretário do Consulado da Armênia em São Paulo, Artur Harutyunuan; o presidente da Diretoria Executiva da Comunidade Armênia de Osasco, Roberto Nerguisian, o presidente do Conselho Deliberativo da comunidade Armênia, Ari Gudjenian; o presidente do Conselho Representativo da Comunidade da Igreja Apostólica Armênia do Brasil, Panos Nercessian; e o presidente do Fundo Armênia, filial brasileira, Ochin L. Mosditchian, entre outras autoridades.

Além disso, verifique

22,5% da população de São Paulo consomem doces em excesso

Índice está acima da médica nacional, segundo pesquisa do Ministério da Saúde que alerta para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEGURANÇA * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.